L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Honestidade

Classificação:   
Tamanho da fonte:

Descrição: A importância e recompensa para aquele que é honesto.

  • Por Aisha Stacey (© 2009 IslamReligion.com)
  • Publicado em 24 Aug 2009
  • Última modificação em 24 Aug 2009
  • Impresso: 424
  • Visualizado: 7730 (média diária: 2)
  • Classificação: 5 de 5
  • Classificado por: 2
  • Enviado por email: 1
  • Comentado em: 0

Quando a honestidade for perdida, então espere pela Hora (o Dia do Juízo).  Essas são as palavras do Profeta Muhammad.  Elas pintam um quadro do tempo que antecede o Dia do Juízo, quando as pessoas virtuosas ficarão pesarosas com a falta de honestidade ao seu redor.  No século 21, vivemos em um mundo no qual a honestidade é valorizada e evitada ao mesmo tempo.  Esperamos que as pessoas sejam honestas em seus negócios conosco, mas assistimos e aplaudimos programas de televisão e filmes que promovem e encorajam a mentira e a falsidade.

Sem pensar, ensinamos às nossas crianças que a desonestidade é aceitável.  Quando esperamos que nossas crianças digam ao telefone que não estamos em casa, essa é uma lição em falsidade.  Quando recusamos convites e fingimos estar ocupados, é uma mentira.  Advertimos nossas crianças por mentirem, mas a realidade é que fomos seus professores.  Se dissermos mentiras ou permitirmos que nossas crianças vivam em um mundo cercado pela falsidade, a lição será aprendida e a honestidade começará a desaparecer dos corações da próxima geração.

A honestidade incorpora os conceitos de veracidade e confiabilidade e reside em todos os pensamentos, palavras, ações e relacionamentos humanos.  É mais do que pura precisão; é mais do que pura veracidade; denota integridade ou firmeza moral.  O Islã ordena autenticidade e proíbe mentir.  Deus ordena que um muçulmano seja honesto.

“Ó crentes, temei a Deus e permanecei com os verazes!” (Alcorão 9:119)

Ibn Kathir, o renomado erudito do Alcorão, explicou o significado desse versículo.  Ele disse: “Ser veraz e aderir à veracidade significa que estará entre as pessoas da verdade e será salvo da calamidade, e isso será a saída de seus problemas”.

Um verdadeiro crente, um que é verdadeiramente submisso a Deus, tem muitas características pelas quais pode ser identificado.  A mais óbvia dessas características nobres são honestidade de caráter e veracidade no falar.  O Profeta Muhammad foi um exemplo perfeito de honestidade.  Mesmo antes de sua missão profética, ele tinha conquistado os títulos de Al Amin (o confiável) e As Sadiq (o veraz).

Al Amin, o Profeta Muhammad uma vez reuniu todas as pessoas de Meca e perguntou-lhes: “Ó povo de Meca! Se eu disser que um exército avança sobre vocês vindo por detrás da montanha, acreditarão em mim?” Todos disseram em uníssono: “Sim, porque nunca o ouvimos dizer uma mentira.” Todas as pessoas, sem exceção, confirmaram sua veracidade e honestidade porque ele tinha vivido uma vida limpa e extremamente virtuosa entre eles por quarenta anos.

Abu Sufyan descreveu sua honestidade.  Quando o Profeta Muhammad enviou uma carta ao Imperador de Bizâncio convidando-o ao Islã, o Imperador, Heráclito, contatou o negociante de Meca, Abu Sufyan.  Embora fosse, naquela época, um terrível inimigo do Islã, ele falou a verdade sobre o Profeta Muhammad quando disse: “Ele nunca mente nem trai, comanda as pessoas a adorarem a Deus somente e nos ordena a observar a oração, honestidade e abstinência.” [1]

Essa honestidade, um ingrediente essencial do caráter muçulmano, inclui ser verdadeiro em relação a Deus adorando-O sinceramente; ser verdadeiro consigo mesmo, ao aderir às leis de Deus; e ser verdadeiro com outros ao falar a verdade e ser honesto em todos os assuntos, como compra e venda e no casamento.  Não deve haver enganos, fraudes, falsificações ou retenção de informações, porque uma pessoa deve ser a mesma por dentro e por fora. 

O Profeta Muhammad nos alertou dos perigos inerentes à desonestidade e os benefícios de viver de forma honesta.  Ele disse:

“A verdade leva à virtude e a virtude leva ao Paraíso. Além disso, um homem continua a dizer a verdade até que se torna uma pessoa veraz. A falsidade leva à maldade e à malfeitoria, e a maldade leva ao Inferno, e um homem continua a mentir até que seja registrado perante Deus como um mentiroso.” (Saheeh Al-Bukhari)

Uma sociedade islâmica verdadeira é baseada na honestidade e justiça, e é intolerante com a desonestidade em todas as suas variadas formas.  A honestidade em todas as transações de negócios é enfatizada e o Profeta Muhammad exorta os muçulmanos a serem escrupulosamente honestos em todos os seus comportamentos.  Abdullah ibn Omar foi descrito uma vez como o “irmão da noite.” Ele ficava de pé à noite orando, chorando, buscando o perdão de Deus e lendo o Alcorão.  Um dia, sentado entre alguns de seus amigos próximos, leu os seguintes versículos:

“Ai dos fraudadores, aqueles que, quando alguém lhes mede algo, exigem a medida plena. Porém, quando eles medem ou pesam para os demais, burlam-nos. Porventura, não consideram que serão ressuscitados, para o Dia terrível? Dia em que os seres comparecerão perante o Senhor do Universo?” (Alcorão 83:1-6)

Abdullah chorou até desmaiar e continuou repetindo as palavras “o dia em que os seres comparecerão perante o Senhor do Universo.” Ele estava entre os homens mais honestos e confiáveis, mas ser lembrado da punição para aqueles que eram fraudadores encheu-o de temor.

Um muçulmano busca agradar a Deus e seguir o caminho da virtude, e deve estar alerta sobre os perigos da fraude e desonestidade.  Entretanto, ele deve saber igualmente que Deus é Misericordioso e Amoroso, desejoso de perdoar até os pecados mais graves daqueles que se empenham em Seu nome.  A honestidade é muito importante na vida de um crente. 

“A honestidade desceu dos Céus e se enraizou nos corações dos homens (crentes fiéis), e então o Alcorão foi revelado e as pessoas leram e aprenderam do Alcorão e também dos ditos e tradições. O Alcorão e as tradições fortaleceram sua honestidade.” (Saheeh Al-Bukhari)

Esse é um dos muitos ditos do Profeta Muhammad, muitos dos quais proibiram a fraude e comandaram a honestidade.  Para aqueles que desejam estar entre os verazes, o Profeta Muhammad nos deixou essas palavras de orientação: “Que aquele que crê em Deus e no Último dia fale o bem ou fique em silêncio”. (Saheeh Muslim)



Footnotes:

[1] The full text can be found in Saheeh Al-Bukhari.  Book 1/6

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version