您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

あなたが要求した記事/ビデオはまだ存在していません。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Deus: al-Malik (O Rei)

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: Nossa crença que Deus é Rei aumenta nosso desejo de voltarmo-nos para Ele e buscar a generosidade do verdadeiro Dono de todas as coisas.

  • Por islamtoday.net [editado por IslamReligion.com]
  • Publicado em 28 Aug 2017
  • Última modificação em 15 May 2019
  • Impresso: 5
  • Visualizado: 1647 (média diária: 2)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Deus é chamado de "Rei" cinco vezes no Alcorão.

"Ele é Deus; não há mais divindade além d’Ele, Soberano, Augusto, Pacífico, Salvador..." (Alcorão 59:23)

"Exaltado seja Deus, o Verdadeiro Rei!" (Alcorão 20:114)

"…o Rei da Humanidade, o Deus da Humanidade." (Alcorão 114:2)

"Sabei que os tementes morarão entre os jardins e rios, em uma assembleia da verdade, na presença de um Senhor Onipotente, Soberaníssimo." (Alcorão 54: 54-55)

God,-al-Malik-(The-King).jpgEm árabe a palavra para "dono" (mālik) está relacionada de maneira muito próxima com a palavra "rei" (malik). A única diferença é que "dono" é pronunciado com uma ênfase na letra a. Deus é chamado por esse outro nome relacionado "Dono" em outros versículos, incluindo:

"Dono do Dia do Juízo." (Alcorão 1:4)

(De fato, em algumas formas de recitação do Alcorão a palavra é pronunciada com um a não enfatizado e o versículo se lê: "Soberano do Dia do Juízo.")

Também: "Dize: Ó Deus! Dono da Soberania." (Alcorão 3:26)

Deus é "o dono da soberania".  De fato, ele é o Rei dos Reis, uma vez que as vidas e os destinos de todos os reis da terra estejam em Suas mãos.  É como Deus diz: "Bendito seja Aquele em Cujas mãos está a Soberania, e que é Onipotente." (Alcorão 67:1) E assim Ele é o "Verdadeiro Rei" que tem "soberania dos céus e da terra".

A soberania de Deus é absoluta.  Não tem limites.  "Seres humanos podem ser descritos como possuindo "soberania", mas transitória e de escopo limitado. Dizemos que alguém é rei de um país em particular. Da mesma forma dizemos que alguém é o dono de um campo ou veículo. Esses tipos de soberania e propriedade estão limitados em seu prazo - o tempo de vida de uma pessoa, no máximo, mas geralmente menos - assim como no escopo do que está sendo possuído ou governado.

Em todo o mundo podemos ver artefatos e monumentos deixados para trás por civilizações passadas: castelos poderosos, grandes estátuas, as ruínas do Egito, Grécia e Roma.  Atestam os que um dia possuíram grande poder, mas então passaram para os anais da história.  Dominaram por um período de tempo uma parte do globo.  Então Deus decretou que seu domínio chegaria a um fim.  Assim se torna claro para nós que a verdadeira soberania pertence somente a Deus, enquanto que a soberania humana é efêmera e caprichosa, restrita e incompleta. 

Ahmad Zaky escreveu uma série de artigos emocionantes chamados Civilizations which Have Come and Gone (Civilizações que vieram e se foram, em tradução livre).  Como esse título é verdadeiro. 

Quem algum dia possuiu o mundo inteiro? As pessoas falam do Faraó, Nimrod e Alexandre, o Grande, mas nenhum deles foi capaz de tomar posse do mundo inteiro ou colocar toda a humanidade sob seu domínio.  Todos que governam o fazem em um domínio limitado e por um tempo limitado.  Deus fez disso a norma ao longo das eras em que nações, reis e poderes disputavam uns com os outros.  Ele diz: "Se Deus não contivesse aos seres humanos, uns, em relação aos outros, a terra se corromperia; porém, Ele é Agraciante para com todos os mundos." (Alcorão 2:251)

Nenhum ser humano jamais possuiu toda a Terra ou foi capaz de governar todos os assuntos dela.  Considere, então, o quão pequena é uma parte da Terra em todo o vasto universo de Deus.

Deus, de fato, é o Verdadeiro Rei de todas as formas.  Dá aos Seus servos quando Lhe suplicam e o profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, nos informa que no Paraíso Deus concederá o "que nenhum olho jamais viu, nenhum ouvido jamais ouviu e nenhuma mente jamais imaginou." [1]

Além disso, Deus diz: "Nenhuma alma caridosa sabe que deleite para os olhos lhe está reservado, em recompensa pelo que fez." (Alcorão 32:17)

As pessoas com a menor das recompensas no Paraíso habitarão pela eternidade em esplendor palaciano, em beleza e deleite além de toda a imaginação.  "O habitante mais modesto do Paraíso terá o que se equipara a todo o mundo e dez vezes mais." [2]

O Profeta Muhammad disse: "Os habitantes do Paraíso olharão para os habitantes dos níveis acima deles da forma como olhavam como um planeta na penumbra se movendo do oriente para o ocidente pelo céu. Essa é a disparidade entre eles."

Quando as pessoas ouviram isso, perguntaram: "Mensageiro de Deus, esses níveis mais altos são os níveis dos profetas, não alcançados por mais ninguém?"

Ele respondeu: De fato, não. Juro por Aquele em Cujas mãos está minha alma, são apenas pessoas que acreditaram em Deus e nos mensageiros."[3]

Essas são apenas algumas das graças que Deus concederá a alguns de Seus adoradores.  Firdaus deve ser muito mais glorioso, o domínio mais elevado do Paraíso, logo abaixo do Trono do Beneficente. 

Deus dá e concede sem medida e a graça que dá aos Seus servos não diminui em nada o que Ele possui.  O Profeta, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, nos relata que Deus diz:

Ó Meus servos! Se o primeiro entre vós e o último, os humanos entre vós e os gênios se reunissem como o coração do mais piedoso entre vós, isto não adicionaria nada ao Meu reino. 

Ó Meus servos! Se o primeiro entre vós e o último, os humanos entre vós e os gênios se reunissem como o coração do mais piedoso entre vós, isto não adicionaria nada ao Meu reino. 

Ó Meus servos! Se o primeiro e o último entre vós , os humanos e os gênios entre vós, se reunissem e Me pedissem e Eu desse a cada pessoa o que pediu, isso não diminuiria em nada o que tenho, assim como o oceano não seria diminuído se uma agulha mergulhasse nele.[4]

Deus também nos diz no Alcorão: "Dize: Ó Deus! Dono da Soberania! Tu concedes a soberania a quem Te apraz e a retiras de quem desejas; exaltas quem queres e humilhas a Teu bel-prazer. Em Tuas mãos está todo o Bem, porque só Tu és Onipotente. Tu inseres a noite no dia e inseres o dia na noite; extrais o vivo do morto e o morto do vivo, e agracias imensuravelmente a quem Te apraz." (Alcorão 3:26-27)

Considere a escolha da palavra "retiras" aqui.  Isso porque quando um ser humano possui algo de valor, ele ou ela é muito relutante em compartilhá-lo.  Não compartilha de maneira pacífica. 

Nós como seres humanos podemos vasculhar a Terra para nosso sustento.  Podemos trabalhar com poder e meios com nossa força suprema, produzir, expandir nossa criatividade e intelecto ao limite.  Entretanto, seremos sempre os súditos de nosso Senhor, posses Daquele que nos criou.  Devemos saber que essa servidão ao nosso Criador é a maior posição de liberdade que existe, porque o servo de Deus age a partir de convicção e desejo livres.  

Nossa crença de que Deus é o Rei nos beneficia.  Aumenta nosso desejo de nos voltarmos para Deus e buscarmos Sua graça.  Aumentamos nossas súplicas para Aquele que sabemos ser o verdadeiro Dono de todas as coisas.  Essa crença também nos liberta da prisão do que vemos outras pessoas possuírem.  Não nos humilhamos perante aquelas pessoas ou comprometemos nossa dignidade na esperança de seus favores.  Ao invés disso, aplicamos nossas próprias energias e talentos dados por Deus para aspirar ao melhor que podemos ser, colocando nossa confiança somente em Deus.



Notas de rodapé:

[1] Saheeh Al-Bukhari, Saheeh Muslim

[2] Saheeh Al-Bukhari, Saheeh Muslim

[3] Saheeh Al-Bukhari, Saheeh Muslim

[4] Saheeh Muslim

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version