A religião do Islã  
 

 
 

Recomende Este Site
| More
 

O que é uma mesquita?


Descrição: O propósito da mesquita no Islã.
Por Aisha Stacey (© 2013 IslamReligion.com)
Publicado em 16 Dec 2013 - Última modificação em 16 Dec 2013
Visualizado: 2226 (média diária: 7) - Classificação: nenhum ainda - Classificado por: 0
Impresso: 38 - Enviado por email: 0 - Comentado em: 0

Categoria: Artigos > Adoração e Prática > Os Cinco Pilares do Islã e Outros Atos de Adoração

Uma mesquita é a construção na qual os muçulmanos adoram Deus.  Ao longo da história islâmica a mesquita foi o centro da comunidade e cidades foram formadas ao redor dessa construção fundamental.  Hoje em dia, especialmente em países muçulmanos, as mesquitas são encontradas em quase todas as esquinas, facilitando aos muçulmanos participarem das cinco orações diárias.  No ocidente as mesquitas são partes integrantes dos centros islâmicos que também contém instalações comunitárias e de ensino.  

As mesquitas são de todos os tipos e tamanhos; diferem de região para região com base na densidade da população muçulmana em determinada área. Os muçulmanos no passado e até hoje têm feito uso de artesãos e arquitetos locais para criar mesquitas belas e magníficas. 

Existem, entretanto, certas características que são comuns a todas as mesquitas.  Toda mesquita tem um mihrab, um nicho na parede que indica a direção de Meca; a direção na qual os muçulmanos oram.  A maioria das mesquitas tem um minbar (ou púlpito) a partir do qual um sábio muçulmano é capaz de transmitir um sermão ou discurso.

Outras características comuns incluem minaretes, torres altas usadas para chamar a congregação para oração.  Os minaretes são altamente visíveis e são proximamente identificados com as mesquitas.  Normalmente existe uma grande área de oração retangular ou quadrada.  Geralmente assume a forma de um telhado plano apoiado por colunas ou um sistema horizontal de vigas apoiado por arquitraves.  Em outros projetos comuns de mesquitas o telhado consiste de um único e grande domo sobre pendículos.[1]  Geralmente existem áreas separadas de oração, com entradas separadas para homens e mulheres.

As mesquitas se desenvolveram de forma significativa nos últimos 1.400 anos.  Muitas têm pátios contendo fontes e piscinas decorativas, que originalmente forneciam água para ablução antes da oração.  Hoje em dia, entretanto, são fornecidas instalações de banheiro e toalete mais privadas.  Originalmente estruturas simples com pisos de terra, agora os pisos das mesquitas são geralmente cobertos com tapetes.  Geralmente são decoradas com linhas retas de desenhos geométricos que asseguram que os muçulmanos fiquem de pé em linhas retas para realizar suas cinco orações diárias.

Nunca existem quaisquer imagens de pessoas ou animas ou estátuas nas mesquitas porque no Islã é proibido que sejam mantidas ou exibidas.  Às vezes as paredes internas das mesquitas são decoradas com versículos do Alcorão em caligrafia árabe ou com desenhos geométricos intrincados.  Os padrões são feitos de vários materiais incluindo mosaicos, estuque, pedra, cerâmica e madeira.  Os desenhos mais clássicos são chamados de arabescos e assumem a forma de uma grelha radial na qual formas em círculo e estrela são proeminentes.  Os desenhos podem ser bi e tridimensional.

Na maioria das vezes, mesmo no deserto árido as mesquitas são abrigos frescos e serenos.  Quando uma pessoa entra em uma mesquita deve ter deixado a correria do mundo material e se retirado em um abrigo ou santuário calmo.  As mesquitas são casas de adoração. Espera-se que os homens orem as cinco orações obrigatórias diárias em uma mesquita, em congregação.  Embora as mulheres sejam bem-vindas a orar na mesquita, é mais recomendável que orem em suas casas. Contudo, os muçulmanos podem orar em qualquer lugar, excluindo lugares sujos ou impuros, como banheiros ou em cemitérios. O Profeta, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, disse: “A terra inteira foi feita uma masjid para mim”.[2].  Masjid é a palavra árabe para mesquita.  Entretanto, embora o termo mesquita tenha passado a significar uma construção especificamente para oração, a palavra masjid reteve várias camadas de significado.

No sentido muito literal, masjid significa local de prostração.  A palavra árabe vem da raiz “sa-ja-da” que significa prostrar.  Quando a testa de um muçulmano toca o solo, ele ou ela está muito próximo de Deus.  A oração estabelece a conexão entre o crente e seu Senhor e a prostração simboliza submissão completa. 

Muitas pessoas têm afirmado incorretamente que a palavra mesquita não é uma tradução da palavra masjid.  Afirmam que a palavra mesquita vem da palavra mosquito e a atribuem a rainha Isabella e o rei Ferdinando da Espanha do século 15.  Entretanto, as palavras mesquita e mosquito não têm nenhuma relação.

A palavra “mesquita” foi introduzida no século 14 ou 15 a partir do francês.  Vem da palavra francesa mosquée, da antiga palavra francesa mousquaie.  O francês, por sua vez, derivou da palavra italiana moschea, de moscheta.  Os italianos a pegaram diretamente da palavra árabe masjid ou da antiga espanhola mesquita.[3]

Assim podemos ver que a tradução da palavra árabe masjid para o português se torna mesquita.  Uma mesquita é uma casa de oração, um local de prostração.  É uma construção projetada e construída especificamente para adorar Allah.  É onde os muçulmanos ficam de pé ombro a ombro, unidos em seu amor por Deus e o desejo de agradá-Lo.

 

 



Footnotes:

[1] Pendículos são uma contribuição islâmica para a arquitetura que permite a colocação de um domo circular sobre um ambiente quadrado ou um domo elíptico sobre um ambiente retangular.

[2] Saheeh Al-Bukhari.  “Mim” é entendido como sendo “minha nação”.

[3] The American Heritage Dictionary of the English Language, quarta edição © 2000 Houghton Mifflin Company.

Online Etymology Dictionary, http://www.etymonline.com/m8etym.htm

Ferramentas de Artigo
PobreMelhor  Classifique este artigo Classifique
De volta ao topo De volta ao topo
Imprimir Imprimir Salve este artigo Salvar Envie este artigo por email para um amigo E-mail PDF PDF
Adicione um comentário sobre este artigo Adicione um comentário Visualizar ou ocultar comentários sobre este artigo Visualizar comentários (Sem comentários) Adicione este artigo aos seus favoritos neste site Favoritos do site Adicione este artigo aos favoritos do Explorer Favorites do Explorer
| More
Outros Artigos na Mesma Categoria
Categoria: Artigos > Adoração e Prática > Os Cinco Pilares do Islã e Outros Atos de Adoração
O Primeiro Pilar do Islã: A Profissão Islâmica de Fé
O Segundo Pilar do Islã: A Oração
O Terceiro Pilar do Islã: Caridade Compulsória
O Quarto Pilar do Islã: O Jejum de Ramadã
O Quinto Pilar do Islã: A Peregrinação (Hajj)
Hajj – A Jornada de Uma Vida (parte 1 de 2): O Dia de Arafah e sua Preparação
Hajj – A Jornada de Uma Vida (parte 2 de 2): Os Rituais de Abraão
Adoração no Islã (parte 1 de 3): O Significado da Adoração
Adoração no Islã (parte 2 de 3): As Formas Exteriores de Adoração
Adoração no Islã (parte 3 de 3): A Abrangência da Adoração
Um Dia e Uma Noite no Ramadã (parte 1 de 2): O Jejum do Dia
Um Dia e Uma Noite no Ramadã (parte 2 de 2): A Adoração da Noite
A Carta de Meca de Malcom X
Ramadã e Jejum (parte 2 de 2): Oração Noturna e Outros Atos de Adoração
Por que os Muçulmanos Jejuam? (parte 1 de 2)
Por que os Muçulmanos Jejuam? (parte 2 de 2)
Uma História do Hajj
Graça, Fé e Obras (parte 1 de 4): Os Componentes da Fé
Graça, Fé e Obras (parte 2 de 4): Palavras, Ações e o Amor de Deus
Graça, Fé e Obras (parte 3 de 4): A Graça de Deus
Graça, Fé e Obras (parte 4 de 4): “Somente pela Fé” e a Bíblia
Por que os muçulmanos amam o mês de Ramadã
Oração no Islã
A Importância da Oração
Uma direção, um povo, um Deus
A Caaba - a Casa Sagrada de Deus
Hajj: uma celebração de paz
Dua (Súplica) (parte 1 de 4): O que é dua?
Dua (Súplica) (parte 2 de 4): Louve a Deus da forma que Ele merece ser louvado
Dua (Súplica) (parte 3 de 4): Por que duas não são atendidas
Dua (Súplica) (parte 4 de 4): Até os profetas sentiram angústia e se voltaram para Deus
Um Mês de Bênçãos
Sexta - o Melhor Dia da Semana
Ramadã e Jejum (parte 1 de 2): Jejum
O que é Eid ul Adha?
   

Home Page Home Page

Contate-nos Contate-nos

EnglishEspañol
FrançaisDeutsch
РусскийPortuguês
中文日本語
Italian

  Ajuda Online  
Online diariamente:
De  para 
(de acordo com o horário de seu PC)

  Login  
Usuário
Senha
Lembre-se de mim
Esqueceu sua senha?
Não tem conta? Registro & Por que?

  Mais Populares  

  Listar Artigos  

  Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.


  Sua História

Sua história está vazia.

Desabilitar o registro de minha história