Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

あなたが要求した記事/ビデオはまだ存在していません。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

As belezas do Islã (parte 1 de 3): A ignorância não pode ofuscar a beleza e a verdade

Classificação:   
Tamanho da fonte:

Descrição: Uma breve descrição de algumas das belezas do Islã.

  • Por Aisha Stacey (© 2016 IslamReligion.com)
  • Publicado em 11 Apr 2016
  • Última modificação em 28 Mar 2021
  • Impresso: 31
  • Visualizado: 6780 (média diária: 3)
  • Classificação: 5 de 5
  • Classificado por: 1
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Nesse momento na história do Islã, quando a religião inteira está sendo julgada pelas ações de uns poucos, é apropriado se distanciar do brilho da mídia e examinar as belezas que infundem o estilo de vida conhecido como Islã.  Há grandeza e esplendor no Islã, geralmente ofuscados por ações que não têm lugar na religião ou por pessoas falando sobre assuntos que entendem apenas vagamente.  O Islã é uma religião, um estilo de vida que inspira os muçulmanos a tentarem mais, alcançarem mais longe e agirem de maneira que agrade aqueles ao seu redor e, mais importante, agrade a seu criador.

As belezas do Islã são coisas que fazem parte da religião e fazem com que ela se destaque.  O Islã responde a todas as eternas perguntas da humanidade.  De onde viemos? Por que estamos aqui? Isso é realmente tudo que há? Responde a essas perguntas com clareza e de uma maneira bela.  Então, comecemos nossa jornada e descubramos e ponderemos sobre as belezas do Islã.

1.   As respostas a todas as suas perguntas sobre a vida estão no Alcorão

O Alcorão é um livro que detalha a glória de Deus e a maravilha de Sua criação; também é um testamento à Sua misericórdia e justiça.  Não é um livro de história, de contos ou um livro didático científico, embora contenha todos esses gêneros e mais.  O Alcorão é o maior presente de Deus para a humanidade - é um livro como nenhum outro, porque contém as respostas para os mistérios da vida.  Responde às perguntas e nos pede que olhemos além do materialismo e vejamos que essa vida é pouco mais que uma parada transitória a caminho da vida eterna.  O Islã dá um objetivo claro e um propósito para a vida.

"E não criei a Humanidade e os Jinns exceto para Me adorarem." (Alcorão 51:56)

Sendo assim, é um livro muito importante e os muçulmanos não têm dúvida de que o Alcorão é exatamente o mesmo hoje como era quando foi revelado pela primeira vez ao profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele.  Quando fazemos essas perguntas muito importantes, queremos estar certos de que as respostas que recebemos são verdadeiras.  Saber que as respostas vêm de um livro que é a Palavra inalterada de Deus dá conforto e consolo.  Quando Deus revelou o Alcorão, Ele prometeu preservá-lo.  As palavras que lemos hoje são as mesmas memorizadas e registradas pelos companheiros do profeta Muhammad. 

"Nós revelamos a Mensagem e somos o Seu Preservador." (Alcorão 15:9)

2.   A verdadeira felicidade pode ser encontrada no Islã

Alegre-se e seja feliz, permaneça positivo e em paz.[1]  Isso é o que o Islã nos ensina, porque cada um dos mandamentos de Deus objetiva trazer felicidade para o indivíduo.  A chave para a felicidade é conhecer e adorar Deus.  Essa adoração serve como uma lembrança Dele e nos mantêm sempre conscientes Dele, nos mantendo longe do mal, de cometer injustiças e opressão.  Ela nos eleva para sermos virtuosos e de bom caráter.  Ao seguir Seus comandos, levamos uma vida que nos guia para o melhor em todos os nossos assuntos.  Quando levamos uma vida com significado somos capazes de ver a felicidade ao nosso redor a qualquer momento, e até nos momentos mais sombrios.  Está lá até no toque de uma mão, no cheiro da chuva ou da grama recém-aparada, está no fogo que aquece em uma noite fria ou em uma brisa fresca em um dia quente.  Pequenos prazeres podem fazer nossos corações verdadeiramente felizes, porque são manifestações da misericórdia e amor de Deus.

A natureza da condição humana significa que entre grandes tristezas pode haver momentos de alegria e, às vezes, em momentos de desespero podemos encontrar uma âncora nas coisas que nos trazem felicidade.  O profeta Muhammad disse: "De fato os assuntos de um crente são surpreendentes!  Todos são para seu benefício.  Se lhe for concedida facilidade é agradecido e é bom para ele.   E se for afligido com dificuldade e persevera, é bom para ele."[2]

3.   No Islã podemos facilmente nos comunicar com Deus a qualquer hora do dia ou da noite

Cada membro da raça humana nasce sabendo de maneira inata que Deus é Único.  Entretanto, aqueles que não conhecem Deus ou não estabelecem uma relação com Ele, podem achar a existência humana intrigante e, às vezes, até angustiante.  Aprender a se comunicar com Deus e adorá-Lo dá a vida um significado totalmente novo. 

De acordo com o Islã, Deus está acessível a qualquer hora e em qualquer lugar.  Precisamos apenas chamar por Ele e Ele responderá o nosso chamado.  O profeta Muhammad nos avisou para chamarmos por Ele com frequência.  Ele nos contou que Deus disse:

"Sou como Meu servo pensa que sou (ou seja, sou capaz de fazer por ele o que ele acha que posso fazer por ele) e estou com ele se lembra de Mim. Se ele se lembra de Mim, Eu também Me lembro dele e se ele se lembra de Mim em um grupo de pessoas, lembro-me dele em um grupo melhor que o dele; e se ele se aproxima de Mim um palmo, Eu me aproximo um cúbito dele; se ele se aproxima um cúbito de Mim, Me aproximo dele a distância de dois braços; e se ele vem para mim andando, vou para ele correndo."[3]

Deus diz no Alcorão: "Recordai-vos de Mim, que Eu Me recordarei de vós." (Alcorão 2:152)

Os crentes chamam a Deus em qualquer idioma, a qualquer hora e em qualquer lugar.  Suplicam e agradecem a Ele.  Os muçulmanos também oram de uma maneira mais ritualizada cinco vezes ao dia e é interessante que a palavra árabe para oração seja "salah", que significa uma conexão.  Os muçulmanos estão conectados com Deus e podem se comunicar com Ele facilmente.  Nunca estamos sozinhos ou longe da misericórdia, perdão e amor de Deus.



Notas de rodapé:

[1] Al Qarni, Aaidh Ibn Abdullah, (2003), Don’t be sad.  International Islamic Publishing House, Saudi Arabia.

[2] Saheeh Muslim

[3] Saheeh Al-Bukhari, Saheeh Muslim

 

 

As belezas do Islã (parte 2 de 3): O Islã é embelezado pela paz, amor e respeito

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: Descrições breves de várias belezas inerentes na religião do Islã

  • Por Aisha Stacey (© 2016 IslamReligion.com)
  • Publicado em 11 Apr 2016
  • Última modificação em 17 Apr 2016
  • Impresso: 29
  • Visualizado: 6112 (média diária: 3)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

4.   O Islã nos dá paz real

As palavras Islã, muçulmano e salaam (paz) vêm da palavra raiz "Sa - la - ma". Ela denota paz e segurança.  Quando uma pessoa se submete à vontade de Deus, experimenta uma sensação inata de segurança e tranquilidade. Salaam é uma palavra descritiva que implica em mais do que tranquilidade e calmaria, mas também abrange o conceito de segurança e submissão.  De fato, o Islã no sentido legal significa submissão ao Deus Único que nos concede segurança, paz e harmonia. Essa é a paz real. Os muçulmanos saúdam uns aos outros com ‘Assalam Alaikum’. Essas palavras árabes significam "que Deus lhe conceda proteção e segurança (paz real e duradoura)".  Essas breves palavras árabes permitem que os muçulmanos saibam que estão entre amigos, não estranhos.  Essa saudação encoraja os crentes a ser uma comunidade mundial livre de lealdades tribais ou nacionalistas e vinculados pela paz e unidade. O Islã em si é inerentemente associado com paz interior e tranquilidade.

"Os crentes que tiverem praticado o bem serão introduzidos em jardins, abaixo dos quais correm os rios,  onde morarão eternamente, com o beneplácito do seu Senhor.  Ali, a sua saudação será: Salam (paz)!" (Alcorão 14:23)

5.   O Islã nos permite conhecer a Deus

O primeiro princípio e ponto focal do Islã é a crença em um Deus e todo o Alcorão é dedicado a isso.  Fala diretamente sobre Deus e Sua Essência, Nomes, Atributos e ações. A oração nos conecta a Deus, mas conhecer e compreender verdadeiramente os Nomes e Atributos de Deus é uma oportunidade importante e única, que só está disponível no Islã. Quem não se esforça para conhecer realmente Deus podem achar a natureza de sua existência intrigante ou até angustiante. Um muçulmano é encorajado a lembrar de Deus e ser grato a Ele e uma pessoa pode fazer isso ao contemplar e compreender os belos nomes e atributos de Deus.  É por meio disso que somos capazes de conhecer nosso Criador.

 "Deus!  Deus! Não há mais divindade além d’Ele!  Seus são os mais sublimes atributos." (Alcorão 20:8)

"Os mais sublimes atributos pertencem a Deus; invocai-O, pois, e evitai aqueles que profanam os Seus atributos, porque serão castigados pelo que tiverem cometido." (Alcorão 7:180)

6.   O Islã nos ensina a cuidar do meio-ambiente

O Islã reconhece que os seres humanos são os guardiães da terra e de tudo que ela contém, incluindo a vegetação, os animais, oceanos, rios, desertos e a terra fértil.  Deus nos provê com o que precisamos para sobreviver de maneira bem-sucedida e florescer, mas somos obrigados a cuidar delas e preservá-las para as futuras gerações.

Em 1986 o príncipe Phillip, então presidente do World Wildlife Fund convidou os líderes das cinco maiores religiões para um encontro na cidade italiana de Assissi. O encontro foi para discutir como a fé podia salvar o mundo natural, o meio-ambiente. O que se segue é a declaração islâmica nas Declarações de Assissi sobre a natureza:

Os muçulmanos dizem que o Islã é o caminho do meio e somos responsáveis pela maneira como andamos nesse caminho, como mantemos o equilíbrio e harmonia em toda a criação ao nosso redor.

Esses valores levaram Muhammad, o profeta do Islã, a dizer: "Quem plantar uma árvore e diligentemente cuidar dela até que fique madura e dê frutos é recompensado."

Por todas essas razões os muçulmanos se veem como tendo uma responsabilidade em relação ao mundo e ao meio-ambiente, porque tudo é criação de Allah.

Ao contrário de muitas outras religiões, os muçulmanos não têm festivais específicos para agradecer pela colheita ou pelo mundo. Ao invés disso, agradecemos a Allah regularmente por Sua criação."[1]

7.   O Islã é respeito

Outro belo aspecto do Islã é o respeito pela humanidade e o universo no qual vivemos. O Islã afirma claramente que é responsabilidade de cada membro da raça humana tratar toda a criação com respeito, honra e dignidade.  Quem mais merece respeito é o próprio Criador e, claro, o respeito começa com amar e obedecer A Seus comandos.  O respeito total por Deus permite que todas as maneiras e altos padrões de moralidade que são inerentes ao Islã fluam em nossas vidas e nas vidas daqueles ao nosso redor. Como o Islã vincula o respeito à paz, amor e compaixão, isso envolve respeitar a honra, reputação e privacidade de outros.  O respeito envolve se afastar completamente dos pecados maiores de caluniar, mentir, difamar e fofocar. Significa evitar pecados que semearão a discórdia entre as pessoas ou levarão à destruição. 

O respeito também inclui amar para nossos irmãos e irmãs o que amamos para nós mesmos.  Envolve tratar outros da forma como esperamos ser tratados e da maneira que esperamos que Deus nos tratará - com compaixão, amor e misericórdia.  Os pecados maiores colocam uma barreira entre a humanidade e a misericórdia de Deus e causam todo o tormento, miséria e mal nesse mundo e na vida futura.  Deus nos ordena ficarmos afastados do pecado e nos empenharmos contra nossas próprias falhas de caráter destrutivas. Vivemos em uma época na qual frequentemente exigimos respeito de outros, mas talvez não respeitemos aqueles ao nosso redor. Uma beleza do Islã é que nos permite reconquistar o respeito perdido, ao nos submetermos de todo coração à vontade de Deus.  Entretanto, se não compreendemos como e por que estamos nos submetendo à vontade de Deus, não podemos obter o respeito que queremos e precisamos.  O Islã nos ensina e Deus nos lembra no Alcorão que nosso único propósito na vida é adorá-Lo. 

"E não criei a Humanidade e os Jinns exceto para Me adorarem." (Alcorão 51:56)



Notas de rodapé:

[1] http://www.bbc.co.uk/schools/gcsebitesize/rs/environment/isstewardshiprev2.shtml

 

 

As belezas do Islã (parte 3 de 3): Deus ama a beleza

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: A terceira e última parte de As belezas do Islã.  Escolhemos dez belezas dentre literalmente centenas. Que outras você descobriu?

  • Por Aisha Stacey (© 2016 IslamReligion.com)
  • Publicado em 18 Apr 2016
  • Última modificação em 18 Apr 2016
  • Impresso: 30
  • Visualizado: 6438 (média diária: 3)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

8.   A igualdade de homens e mulheres

BeautiesOfIslam3.jpgO Alcorão afirma que todos os crentes são iguais que somente as ações virtuosas elevam uma pessoa sobre a outra.  Portanto, os crentes têm um imenso respeito por homens e mulheres piedosos e a história islâmica nos conta que, ambos, homens e mulheres, serviram e mostraram virtudes em todas as áreas.  Uma mulher, assim como um homem, é obrigada a adorar a Deus e cumprir os deveres dela.  Assim, é exigido que toda mulher testifique que não há ninguém merecedor de adoração exceto Deus e que Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, é Seu mensageiro; orar; dar caridade; jejuar; e realizar a peregrinação à Casa de Deus, se tiver meios e a capacidade de fazê-lo.  Também é exigido que toda mulher acredite em Deus, Seus anjos, Seus livros, mensageiros, no Último Dia e no decreto de Deus.  E que toda mulher adore a Deus como se ela O visse. 

"Aqueles que praticarem o bem, sejam homens ou mulheres, e forem crentes, entrarão no Paraíso e não serão defraudados, no mínimo que seja." (Alcorão 2:124)

O Islã reconhece que a igualdade não significa que homens e mulheres são idênticos.  Leva em consideração suas diferenças em fisiologia, natureza e temperamento. Não é uma questão de superioridade ou inferioridade, mas uma questão de habilidades naturais e ter papeis diferentes na vida. As leis do Islã são justas e levam esses aspectos em consideração. Os homens receberam o dever de trabalhar e prover por suas famílias e as mulheres o papel da maternidade e cuidado da casa.  Entretanto, o Islã afirma que esses papeis não são exclusivos e nem são inflexíveis.  As mulheres podem trabalhar ou servir a sociedade e os homens são capazes de assumir responsabilidade por seus filhos ou pela casa.  É interessante notar que no caso das mulheres que escolhem trabalhar o dinheiro que ganham é delas, mas um homem deve prover financeiramente toda a família.

9.   A humanidade é capaz de se arrepender de ações passadas e se reformar

Os muçulmanos acreditam que todos os membros da humanidades podem se reformar; também acreditam que a possibilidade de uma reforma bem-sucedida é maior do que a probabilidade de fracasso.  Essa crença é derivada do fato de que Deus deu à humanidade os meios para se reformar, não apenas uma vez, mas várias e várias vezes, até próximo do Dia do Juízo.  Deus enviou mensageiros e profetas para todas as nações.  Alguns nós conhecemos do Alcorão e das tradições do profeta Muhammad, outros são sabidos apenas por Deus.  

"Cada povo teve seu mensageiro; e quando seu mensageiro se apresentar, todos serão julgados equitativamente e não serão injustiçados." (Alcorão 10:47)

Deus não cobra responsabilidade de ninguém até que lhe tenha sido o caminho certo claramente. 

"Jamais castigamos (um povo), sem antes termos enviado um mensageiro." (Alcorão 17:15)

Ao mesmo tempo, somos responsáveis por buscar a verdade e, ao encontrá-la, devemos aceitá-la e reformar nossas vidas de acordo com ela. As más ações passadas podem ser deixadas para trás. Não há pecado que não possa ser perdoado!

"Ó servos meus, que se excederam contra si próprios, não desespereis da misericórdia de Deus; certamente, Ele perdoa todos os pecados, porque Ele é o Indulgente, o Misericordiosíssimo." (Alcorão 39:53)

Uma pessoa deve tirar vantagem da misericórdia de Deus arrependendo-se sinceramente pelo passado ou, se não for um crente, convertendo-se à religião do Islã. Cada pessoa deve trabalhar por sua salvação combinando fé, crença e ação.

10.                   Deus ama a beleza em todas as suas formas

O profeta Muhammad disse: "Não entrará no Paraíso quem tiver um átomo de orgulho em seu coração." Um homem disse: "E se o homem gostar de boas roupas e sapatos"? Ele disse: "Deus é belo e ama a beleza. Orgulho significa negar a verdade e olhar para as pessoas com desdém." [1]

Beleza é o oposto de feiura.  A beleza que existe na criação atesta a beleza de Deus e também o Seu poder.  Aquele que criou a beleza é o Quem tem mais direito a ela.  E de fato o Paraíso é adornado com beleza além da imaginação. Deus é belo e é por isso que o maior de todos os prazeres no Paraíso é olhar para a Face de Deus.  Deus diz:

"No Dia, haverá semblantes radiantes, dirigindo os seus olhares para o seu Senhor." (Alcorão 75: 22-23)

Ele Se refere aos Seus nomes como os mais belos:

"E os Mais Belos Nomes pertencem a Deus, então invocai-O com eles." (Alcorão 7:180)

O conhecido sábio muçulmano Ibn al-Qayyim, que Allah tenha misericórdia dele, tinha o seguinte a dizer sobre a beleza no Islã:

"Deus deve ser reconhecido pela beleza que não tem semelhança com qualquer outra coisa e é para ser adorado através da beleza que Ele ama em palavras, ações e atitudes.  Ele ama que Seus servos embelezem suas línguas com a verdade, embelezem seus corações com devoção, amor e arrependimento sinceros e confiança Nele, embelezem suas faculdades com obediência e embelezem seus corpos mostrando Suas bênçãos sobre eles em suas vestimentas e mantendo-os puros e livres de qualquer sujeira, poeira ou impureza, pela remoção de pelos que devem ser removidos, pela circuncisão e pelo corte das unhas.  Assim reconhecem Deus por meio dessas qualidades de beleza e buscam se aproximar Dele por meio de palavras, ações e atitudes belas.  Eles O reconhecem pela beleza que é Seu atributo e O adoram através da beleza que Ele prescreveu e Sua religião."[2]



Notas de rodapé:

[1] Saheeh Muslim

[2] al-Fawaa’id (1/185)

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Mais visualizados

Diariamente
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Total
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version