Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

あなたが要求した記事/ビデオはまだ存在していません。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Pesquisa sobre o Islã - Metodologia sugerida (parte 1 de 4) Em busca de prova? Comece com a lógica

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: A existência do Alcorão prova a existência de Deus.

  • Por Aisha Stacey (© 2014 IslamReligion.com)
  • Publicado em 09 Jun 2014
  • Última modificação em 31 Jul 2016
  • Impresso: 40
  • Visualizado: 5978 (média diária: 3)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Qualquer publicidade é boa publicidade.  Essas palavras foram escritas e pronunciadas tantas vezes que é impossível atribuir a citação a qualquer pessoa.  Qualquer publicidade é boa publicidade, significando que é melhor que algo receba má publicidade do que nenhuma publicidade.  Na década passada fomos inundados com má publicidade sobre o Islã e ainda assim as estatísticas de conversão indicam que o número de pessoas que se convertem ao islã cresce a uma taxa fenomenal.  Por que?  Por que pessoas sábias não acreditam em tudo que leem ou veem. Elas questionam, aplicam habilidades de pensamento crítico, adquirem conhecimento e formam suas próprias conclusões. 

Encontrar a informação correta não é fácil.  É preciso pesquisar, buscar por suas provas e evidências.  Você quer saber mais sobre o Islã? Para qual dos milhares de livros você se voltará primeiro? Tudo que você sempre quis saber está lá no ciberespaço, esperando por um clique de um mouse ou toque de uma tela.  Digite Islã na busca do Google e o que você encontra? 479 milhões de resultados em apenas 0,21 de um segundo.  Muito impressionante, mas onde começar? Aqui está uma novidade: por que não voltar ao início, onde tudo começou.  Vamos começar com quando Deus falou aos anjos.

"(Recorda-te ó Profeta) de quando teu Senhor disse aos anjos: Vou instituir um legatário na terra! Perguntaram-Lhe: Estabelecerás nela quem ali fará corrupção, derramando sangue, enquanto nós celebramos Teus louvores, glorificando-Te? Disse (o Senhor): Eu sei o que vós ignorais." (Alcorão 2:30)

Deus sabe o que não sabemos e, contrário ao que muitos de nós acreditamos, Suas palavras não estão ocultas e não são obscuras.  Você quer saber sobre o Islã, quer provar a si mesmo que o Islã é a verdadeira religião concedida à humanidade? Existe uma metodologia fácil que lhe ajudará a escolher entre as centenas de milhares de diferentes bits disponíveis de informação.  Comece com o Alcorão.

O segundo versículo do segundo capítulo do Alcorão começa com as palavras: "Eis o livro que é indubitavelmente a orientação dos tementes a Deus." Deus sabe que todo ser humano busca por aquela conexão evasiva e Ele diz à humanidade - esse é o livro, essa é a orientação pela qual esteve buscando.  Isso é suficiente? Sim, pode ser.  Ao longo dos séculos as pessoas se converteram ao Islã meramente ao ouvir a recitação do Alcorão e outros abraçaram o Islã depois de ouvir o chamado comovente para a oração.  Algumas pessoas se convertem ao Islã depois de observar um modo de vida que combina tolerância e respeito com perdão e misericórdia e, então, existem aqueles que precisam de prova. 

Entretanto, pedir uma prova não é em detrimento daquele que busca.  Nossa religião, o modo de vida que é o Islã, não é baseado em suposição, é baseado nas palavras de Deus e nos ensinamentos autênticos de Seu mensageiro, o profeta Muhammad.  O Islã é a religião do conhecimento informado, não de fé cega.  Quando o faraó perguntou ao profeta Moisés quem era o Senhor da humanidade e de tudo que existe, Moisés respondeu: "É o Senhor dos céus e da terra, e de tudo quanto há entre ambos, se queres saber." (Alcorão 26: 24 & 25) Busque para ser convencido.  Segure uma cópia do Alcorão em suas mãos e leia, contemple e pondere.  Busque sua evidência e prepare-se para ficar maravilhado. 

O Alcorão nos conta sobre o poder de Deus e como ele opera no universo.  Explica que o conhecimento de Deus abrange todas as coisas e que Ele não somente é o Criador, mas também o Sustentador do universo. 

A evidência da verdade do Islã pode ser encontrada na evidência científica que é encontrada no Alcorão.  Algumas pessoas gostam de chamá-las de milagres - milagres científicos no Alcorão.  Há consistência completa entre muitas das descobertas da ciência moderna e as palavras de Deus registradas há mais de 1.400 anos.  Fatos científicos surpreendentes não conhecidos até recentemente tendem a provar que o Alcorão é a palavra de Deus e, assim, que o Islã é a verdadeira religião de todos os seres humanos.  A lógica nos diz que o conhecimento do século 21 no século 6 não pode ser uma coincidência.

O Alcorão fala eloquentemente sobre o desenvolvimento embrionário humano e o fato de que as montanhas têm raízes profundas sob a superfície da terra.  Descreve um dos fatos indisputáveis da cosmologia, de que o universo foi formado com os resquícios de fumaça.  O Alcorão até descreve a área pré-frontal do cérebro como o lugar onde as mentiras e o pecado se originam.  A ciência moderna nos diz que essa é a área responsável pelo planejamento e implementação e também pela escolha do comportamento bom ou pecador.

O profeta Muhammad, que Deus o exalte, não lia ou escrevia e, ainda assim, são encontrados fatos científicos em seus ditos e tradições autênticos.  Enquanto ensinava e aconselhava seus seguidores, o profeta Muhammad mencionava fatos científicos, inclusive as sete camadas da crosta terrestre.  Artigos profundos apoiados em evidência de cientistas e médicos podem ser encontrados nesse site e em muitos outros.

Na parte 2 continuaremos a examinar o Alcorão e a aprender mais sobre sua natureza milagrosa. Examinaremos mais evidências para a existência de Deus e discutiremos como provas lógicas podem levar apenas a uma conclusão.

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version