The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Conceito de Igualdade de Gêneros no Islã (parte 2 de 2): Igualdade Substantiva dos Homens e Mulheres

Classificação:   
Tamanho da fonte:

Descrição: A igualdade espiritual dos homens e mulheres como mencionado no Alcorão, e uma rápida olhada nas diferenças entre gêneros em outros aspectos da vida.

  • Por Ansar Al-Adl
  • Publicado em 04 Jan 2009
  • Última modificação em 07 Jan 2009
  • Impresso: 542
  • Visualizado: 17302 (média diária: 5)
  • Classificação: 2.5 de 5
  • Classificado por: 2
  • Enviado por email: 1
  • Comentado em: 0

O Islã reconhece que embora homens e mulheres tenham algumas diferenças físicas, espiritualmente eles desfrutam de igualdade absoluta perante Deus.   O Alcorão e a Sunnah são inequívocos em afirmar que o gênero de uma pessoa não terá absolutamente qualquer relevância em relação à sua recompensa ou punição na outra vida.

“Eu não desconsiderarei o trabalho de qualquer um de vós no Meu caminho, seja homem ou mulher, porque procedeis uns dos outros...”  (Alcorão 3:195)

“E quem faz boas obras, seja homem ou mulher, e tem fé, esses entrarão no Paraíso, e não sofrerão injustiça, a mínima que seja.” (Alcorão 4:124)

“A quem faz o bem, homem ou mulher, e tem Fé, certamente concederemos uma nova Vida, uma vida que é boa e pura, e recompensaremos com uma recompensa de acordo com suas melhores ações." (Alcorão 16:97)

“Quem faz um mal não será recompensado senão com o equivalente.  E quem faz o bem, homem ou mulher, e é um Crente, entrará no Paraíso. Nele encontrarão abundância sem medida.” (Alcorão 40:40)

“De fato, os muçulmanos e as muçulmanas, os crentes e as crentes, os devotos e as devotas, os pacientes e as pacientes, os humildes e as humildes, os caritativos e as caritativas, os jejuadores e as jejuadoras, os castos e as castas, os homens e mulheres que se lembram com freqüência de Deus, para eles Deus preparou o perdão e uma grande recompensa.” (Alcorão 33:35)

“Ó humanos!  Nós vos criamos de um homem e de uma mulher, e vos fizemos como nações e tribos, de modo que vos conheçais uns aos outros.  Verdadeiramente, o mais honrado dentre vós perante Deus é o mais piedoso.  Verdadeiramente, Deus é Onisciente, Conhecedor.” (Alcorão 49:13)

Portanto, o Islã declara abertamente que homens e mulheres têm status e valor igual perante Deus, e que somente a piedade diferencia um indivíduo de outro.

Em aspectos legais e práticos, as regras gerais são as mesmas para homens e mulheres.  Ambos têm os mesmos atos de adoração, as mesmas etiquetas e maneiras islâmicas, e estão sujeitos às mesmas penalidades legais.  Mas também existem muitos casos nos quais as regras são diferentes.  As mulheres estão isentas de jejuar e orar durante o período menstrual.  Os homens são proibidos de usar ouro e seda enquanto as mulheres têm permissão para fazê-lo, já que a natureza das mulheres é de se embelezarem.  As orações congregacionais de sexta-feira são obrigatórias para os homens mas opcionais para as mulheres.  Os homens devem despender o seu dinheiro na família mas o dinheiro da mulher é totalmente dela, para que ela gaste como quiser.  Existem diferenças nos requisitos das vestimentas, uma vez que a aparência física dos homens e mulheres é diferente.  Tudo isso reflete as diferenças naturais entre homens e mulheres.  Em questões menores de jurisprudência o Islã trata homens e mulheres de acordo com suas diferenças inerentes em nome da igualdade substantiva e no interesse da justiça.

Concluindo, o Islã afirma a absoluta igualdade espiritual de homens e mulheres, e coloca ambos em nível igual perante Deus.  Em questões de jurisprudência o Islã promove a igualdade substantiva de homens e mulheres, reconhece seus pontos fortes e capacidades únicos, e regulamenta de modo a proteger os direitos de ambos.

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version