Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

あなたが要求した記事/ビデオはまだ存在していません。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Hinduísmo (parte 1 de 4): O que é Hinduísmo?

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: Breve visão geral do Hinduísmo em uma série de artigos a partir da perspectiva de religiões comparadas.

  • Por Aisha Stacey (© 2014 IslamReligion.com)
  • Publicado em 26 May 2014
  • Última modificação em 26 May 2014
  • Impresso: 34
  • Visualizado: 18086 (média diária: 10)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Hinduism1.jpgEsse é o primeiro artigo em uma série discutindo o Hinduísmo a partir da perspectiva de religiões comparadas.  Embora como muçulmanos acreditemos de todo o coração que só existe um Deus Único, que Muhammad é Seu mensageiro e que o Islã é a religião daqueles que se submetem a Deus, esses artigos não têm a intenção de denegrir outras religiões ou seus seguidores.  Nossa intenção é, como o título sugere, comparar religiões. 

O Hinduísmo[1]  é a religião da maioria das pessoas que residem na Índia e no Nepal.  Também existem grandes números de adeptos espalhados pelo mundo.  O Hinduísmo é a terceira maior religião no mundo, com aproximadamente 950 milhões de seguidores, depois do Cristianismo e do Islã.  É às vezes considerada como a religião mais antiga da atualidade, com elementos que remontam há milhares de anos. Muitos estudiosos sugerem que começou há mais de 4.000 anos antes da Era Comum. 

O Hinduísmo, que deriva seu nome da palavra persa para rio, se originou no vale do rio Indus.  É uma coletânea de práticas e crenças sem um fundador único, sem uma única escritura e sem um conjunto único de crenças.  O Hinduísmo também é próximo conceitualmente e associado historicamente com outras religiões indianas predominantes, como o Jainismo, o Budismo e o Sikhismo.

O centro da adoração hindu é a imagem, ou ícone, que é adorada em casa ou em um templo.  Adorá-las é principalmente um ato individual, ao invés de comunal, já que envolve oferendas pessoais à deidade e o cântico ou repetição dos nomes dos deuses e deusas favoritos.  São oferecidos água, frutas, flores e incenso e considera-se que a peregrinação a várias pedras, rios, montanhas e templos é vista pela deidade sendo adorada em particular.

O Hinduísmo é descrito frequentemente como uma religião politeísta devido a vasta gama de deuses e deidades, geralmente com base em necessidades ou regiões, e a adoração que quase sempre foca em esculturas e imagens.  Entretanto, existem muitos que definem o Hinduísmo como monoteísta, por causa da crença no Deus supremo - Brahma, cujas qualidades e formas são representadas pela multitude de deidades que emanam dele.  Brahma é a palavra em sânscrito que se refere a um poder transcendente além do universo geralmente traduzido como Deus que, diz-se, pode ter formas e expressões ilimitadas. 

Existem também aqueles que veem o Hinduísmo como Trinitário, porque Brahma é simultaneamente visualizado como uma tríade. O triunvirato consiste de três deuses que são responsáveis pela criação, conservação e destruição do mundo. Eles são Brahma (que não deve ser confundido com Bramam, a energia suprema de deus), Vishnu e Shiva.  Brahma é responsável pela criação e Vishnu é o preservador do universo, enquanto que o papel de Shiva é destruir para recriar.

O Hinduísmo tem muitas escrituras: os Vedas, os Upanishads e o Bhagavad-Gita são as consideradas mais importantes.  A maioria dos hindus acredita que a alma, ou atman, é eterna e passa pelo ciclo do nascimento, morte e renascimento (samsara) determinado pelo karma positivo ou negativo ou em consequência das ações da pessoa.  O objetivo da vida religiosa é aprender a agir de maneira a finalmente alcançar a liberação (moksha) da alma, escapando do ciclo de renascimento.

É difícil responder a pergunta: o Hinduísmo é politeísta, panteísta ou monoteísta? Chegamos a várias respostas a partir de várias fontes, todas igualmente corretas de acordo com cada entendimento do Hinduísmo.  O Hinduísmo adora várias formas do Deus Único.[2] De acordo com os dogmas do Hinduísmo, Deus é Único e também muitos.[3] Os hindus acreditam em politeísmo monoteísta, ao invés de politeísmo.[4] Embora o Hinduísmo seja erroneamente considerado por muitos como uma religião que tem muitos deuses, ou seja, politeísta, verdadeiramente falando o Hinduísmo é uma religião monoteísta.[5]

A Religion Facts[6] tenta entender as definições diferentes ao dizer que “Embora o “monoteísmo” literalmente signifique crer na existência de um Deus, o termo passou a conotar crença em um Deus que criou e é distinto do universo”. O panteísmo é a visão de que Deus é essencialmente idêntico ao universo e totalmente imanente no mundo: Deus é o universo e o universo é Deus. Assim, o panteísmo parece ser o rótulo mais preciso para o Hinduísmo. O qualificador “com elementos politeístas” é acrescido porque o Ser Supremo do Hinduísmo é mais frequentemente adorado na forma de múltiplas deidades. Entretanto, deve ser notado que essa é uma generalização que não descreve as crenças de todos os hindus. Alguns consideram o universo como criado por Deus e essencialmente distinto Dele e são, portanto, “monoteístas” no sentido tradicional.”

Em apenas alguns parágrafos tentamos resumir milhares de anos de tradições que se desenvolveram via liberdade de crença e prática.   Existem dez valores humanos básicos inerentes ao Hinduísmo. Entretanto, existem várias práticas enraizadas que são totalmente contrárias aos princípios do Islã.  Essas incluem o sistema de castas e a desvalorização das mulheres.  Como mencionado acima, o Hinduísmo envolve a crença na reencarnação e isso também não pode ser conciliado com os ensinamentos do Islã.  Até recentemente o Hinduísmo era considerado a fé mais religiosamente tolerante do mundo.  Entretanto, conversões em massa para outras crenças resultaram em incidentes de intolerância.

Na parte dois discutiremos o status das mulheres no Hinduísmo, o legado doloroso deixado pelo sistema de castas, oficialmente banido na Índia em 1949, e duas doutrinas gritantemente diferentes entre o Hinduísmo e o Islã, a adoração de algo além de Deus e a crença na reencarnação. 



Notas de rodapé:

[1] Exceto as citações científicas, a maioria das informações sobre o Hinduísmo foi obtida dos websites a seguir:  http://www.bbc.co.uk/religion/religions/hinduism/ataglance/glance.shtml & https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/fields/2122.html & http://www.religioustolerance.org/hinduism4.htm

[2] OM, uma organização hindu americana

[3] HinduWebsite.com

[4] The Hindu Universe

[5] Sri Swami Chidanda

[6] http://www.religionfacts.com/about.htm

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version