Der Artikel / Video anzubieten existiert noch nicht.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Der Artikel / Video anzubieten existiert noch nicht.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Retidão e Pecado (parte 2 de 2): Pecado e Consciência Humana

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: Apegar-se à retidão e evitar o pecado não é apenas adorar o Deus Único sem parceiros através de rituais convencionais.  Vai muito além disso, até o comportamento moral e cortês, com atenção à consciência e buscando a retidão com o coração. Parte 2: Pecado é o que incomoda a consciência e traz vergonha ao coração virtuoso.

  • Por IslamReligion.com
  • Publicado em 22 Feb 2010
  • Última modificação em 22 Feb 2010
  • Impresso: 255
  • Visualizado: 8392 (média diária: 3)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 4
  • Comentado em: 0

Na segunda parte dessa narração o Profeta mencionou outro aspecto sutil de pecado, que é aquele em que pecado é qualquer coisa que incomoda a consciência de uma pessoa virtuosa e que uma pessoa procura ocultar das outras.  Uma variedade de ações vem à mente de uma pessoa ao ouvir essas palavras.

Deus inspirou dentro de cada alma a habilidade, embora limitada, de reconhecer a verdade da falsidade.

“E lhe imprimiu o discernimento entre o que é certo e o que é errado.” (Alcorão 91:8)

Desde que a pessoa busque a retidão, ela saberá quando fez algo errado através de sua consciência, mesmo que encontre várias maneiras de se desculpar pelo que fez.  Jamais gostará que venham a saber daquela situação porque se envergonha dela; sua religião é enriquecida com timidez, vergonha e modéstia.  O Profeta disse:

“Vergonha e modéstia é da perfeição da fé.” (Saheeh Al-Bukhari)

Vergonha é algo que pode impedir uma pessoa de fazer o mal. O Profeta disse:

“Se você não tem vergonha, então faça o que lhe agrada.” (Saheeh Al-Bukhari)

A vergonha, sendo o mais alto nível a vergonha perante Deus de cometer pecados, é um fator chave para evitar o pecado, e seu padrão pode também ser usado para julgar se um ato é pecado ou não.

Esses sentimentos de consciência e vergonha são uma consequência natural da crença e fé verdadeiras, e é o que a religião do Islã busca criar dentro de um indivíduo, uma consciência islâmica que guia os humanos ao longo de suas vidas.

Essa consciência interior é o que informa o estado do coração do indivíduo, se está vivo, realmente buscando a verdade, ou morto, preenchido pelos desejos dessa vida mundana.  A falta de religiosidade e a indulgência no pecado fazem com que a pessoa perca a consciência, que não poderá mais ser usada como fonte de orientação.

“... por que não crêem com humildade? Porque seus corações se endureceram e Satanás lhes abrilhantou o que faziam.” (Alcorão 6:43)

“Não percorreram eles a terra, para que seus corações verificassem o ocorrido? Talvez possam, assim, ouvir e raciocinar! Todavia, a cegueira não é a dos olhos, mas a dos corações, que estão em seus peitos!” (Alcorão 22:46)

O coração pode ser usado como guia, em conjunto com o intelecto e a revelação, para facilitar a busca pela verdade.  O coração de uma pessoa que busca pela verdade está vivo, porque é essa vida e aspiração que fazem com que empreenda a busca.  Esse tipo de pessoa nunca encontrará paz no coração em qualquer religião exceto a religião que Deus ordenou para a humanidade, e enquanto o anseio pela verdade existir, sua consciência continuará a incomodá-la até que encontre a verdadeira religião de Deus.  Se essa pessoa é sincera, Deus a guiará para a verdade:

“Quanto àqueles que desejam Orientação, Ele lhes aumenta a orientação e lhes concede piedade.” (Alcorão 47:18)

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version