您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Crime e Punição em Islã (parte 5 de 5): Os Objetivos do Sistema Penal Islâmico

Classificação:   
Tamanho da fonte:

Descrição: Uma discussão detalhada sobre as regras que o Islã estabelece em relação ao crime na sociedade.  Parte 5: Uma discussão do que a legislação desses tipos de punição busca realizar para uma sociedade.

  • Por A equipe editorial do Dr. Abdurrahman al-Muala (traduzido por islamtoday. com)
  • Publicado em 24 Oct 2011
  • Última modificação em 24 Oct 2011
  • Impresso: 251
  • Visualizado: 23961 (média diária: 8)
  • Classificação: 5 de 5
  • Classificado por: 2
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Os Objetivos do Sistema Penal Islâmico

O sistema penal islâmico tem muitos objetivos, dos quais os mais importantes estão a seguir:

O Primeiro Objetivo: O Islã busca proteger a sociedade dos perigos do crime.  É de conhecimento geral que se os crimes não são enfrentados com punições sérias a sociedade estará em grave perigo.  O Islã busca propagar estabilidade e segurança sociais, tornando a vida em sociedade segura e pacífica.  Fez dessa consideração uma plataforma para ação, legislando punições que desencorajarão o crime.  Esse propósito foi articulado pelo seguinte versículo que discute retribuição e seus efeitos na sociedade:

“Tendes, no talião, a segurança da vida, ó sensatos, para que vos refreeis.” (Alcorão 2:179)

Se o assassino, ou qualquer outro criminoso, souber a extensão das consequências negativas que seu crime causará a si próprio, ele pensará mil vezes antes de cometê-lo.  A consciência da punição fará o criminoso se abster de cometer o crime de duas maneiras.  O criminoso que já foi sujeito à punição provavelmente não voltará a cometer o crime.  Quanto ao resto da sociedade, sua consciência dos efeitos dessa punição a manterá distante do crime.  Para perceber o efeito geral da punição o Islã estabeleceu o princípio de anunciar publicamente quando será executada.  Deus diz:

“... Um grupo de crentes deve testemunhar a punição.” (Alcorão 24:2)

O Segundo Objetivo: o Islã busca reformar o criminoso.  O Alcorão menciona com frequência arrependimento em associação com os crimes com os quais lida, deixando claro que a porta para o arrependimento está aberta sempre que o criminoso abandona seu crime e se comporta adequadamente.  Fez do arrependimento um meio de evitar uma punição fixa em algumas instâncias, como a punição para assalto em estrada.  Deus diz:

“Exceto aqueles que se arrependem, antes de caírem em vosso poder; sabei que Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo.” (Alcorão 5:34)

Deus diz com relação à punição para fornicação:

“...porém, caso se arrependam e se corrijam, deixai-os tranquilos, porque Deus é Remissório, Misericordiosíssimo.” (Alcorão 4:16)

Deus diz após mencionar a punição para acusação falsa:

“… exceto aqueles que se arrependem e se emendam. Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo.”

Deus diz após mencionar a punição prescrita por roubo:

“Aquele que, depois da sua iniqüidade, se arrepender e se emendar, saiba que Deus o absolverá, porque é Indulgente, Misericordiosíssimo.” (Alcorão 5:39)

Esse objetivo é visto com mais frequência em relação às punições arbitrárias, sendo incumbência do juiz levar em consideração as circunstâncias do criminoso e o que assegurará seu aperfeiçoamento.

O Terceiro Objetivo: A punição é uma recompensa para o crime.  É indesejável tratar um criminoso que ameaça a segurança de sociedade de forma leve.  O criminoso deve receber sua justa recompensa desde que ele esteja satisfeito em seguir o caminho do mal ao invés do caminho da virtude.  É direito de a sociedade estar segura e ter a segurança de seus indivíduos.  O Alcorão declarou esse objetivo ao mencionar várias punições.  Deus diz:

“Quanto ao ladrão e à ladra, decepai-lhes a mão, como castigo de tudo quanto tenham cometido...” (Alcorão 5:38)

“O castigo, para aqueles que lutam contra Deus e contra o Seu Mensageiro e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos...”  (Alcorão 5:33)

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version