Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Os Nomes de Deus (parte 2 de 3): O Misericordiosíssimo

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: Uma explicação dos Belos Nomes de Allah: Al-Rahman e Al-Raheem.

  • Por Aisha Stacey (© 2011 IslamReligion.com)
  • Publicado em 07 Mar 2011
  • Última modificação em 07 Mar 2011
  • Impresso: 175
  • Visualizado: 13437 (média diária: 4)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Em nome de Deus (Allah), o Clemente o Misericordiosíssimo. 

Esse artigo começa da mesma forma que os muçulmanos começam muitas tarefas.  Antes de começar até a mais mundana das tarefas da vida como comer, beber, vestir-se ou tomar banho, um muçulmano transformará seus esforços em adoração pela menção do nome de Deus.  Ele (Deus) é o Clemente e o Misericordiosíssimo, Sua misericórdia abrange todas as coisas, e é a fonte de toda a compaixão e misericórdia que existe.  Deus nos diz no Alcorão: “Minha misericórdia abrange todas as coisas...” (Alcorão 7:156)

Dos ditos do Profeta Muhammad sabemos que quando Deus decretou a criação Ele disse: “... e Minha Misericórdia se sobrepõe à Minha Ira.” (Saheeh Bukhari e Muslim) O que exatamente é a misericórdia?  O dicionário a define como disposição a ser gentil e perdoador, e o sentimento que motiva compaixão.[1] O termo árabe para misericórdia é rahmah e dois dos nomes mais importantes de Deus derivam dessa palavra raiz.  Ar Rahman – O Clemente e Ar Raheem - O Misericordiosíssimo.  A Misericórdia de Deus é aquela qualidade etérea que abrange gentileza, virtude, cuidado, consideração, amor e perdão.  Quando essas qualidades são observáveis nesse mundo, são um mero reflexo da misericórdia de Deus em relação à Sua criação.

 O Profeta Muhammad nos informou que Deus é mais misericordioso com Suas criaturas do que a mãe é com sua criança (Saheeh Bukhari e Muslim) e, de fato, a palavra árabe para útero, raheem, é derivada da mesma palavra raiz de misericórdia – rahmah.  É significativo que exista uma conexão única entre a misericórdia de Deus e o útero.  Deus nos nutre e abriga, assim como o útero nutre e abriga a criança que ainda não nasceu.

 O Profeta Muhammad explicou a qualidade de misericórdia aos seus companheiros, dizendo a eles que deus tem cem partes de misericórdia e enviou uma parte para ser compartilhada entre a criação.  É por isso que as pessoas têm compaixão e são gentis umas com as outras e animais selvagens tratam sua cria com gentileza.  Entretanto, Deus reteve as outras 99 partes para serem concedidas aos crentes no Dia do Juízo. (Saheeh Muslim)

Toda a criação demonstra amor e compaixão mútuos com apenas uma porção de misericórdia.  Os humanos dão espontaneamente aos pobres e necessitados, famílias dão apoio e amor uns aos outros e animais protegem seus filhotes.  Misericórdia e compaixão geralmente levam em consideração a necessidade de aliviar o sofrimento e propagar a gentileza e alegria.  Mesmo que esse mundo às vezes pareça um lugar escuro e sombrio, a Misericórdia de Deus pode ser vista e sentida por aqueles que ponderam e refletem.  A chuva cai, o sol brilha, uma criança segura a mão de seu pai e o gatinho se aconchega no calor protetor de sua mãe.  A misericórdia de Deus é forte e visível ao nosso redor e ainda assim no Dia do Juízo Ele completará essa misericórdia acrescentando as 99 partes finais e concedendo misericórdia, amor e compaixão sobre aqueles crentes que fizeram boas ações e tentaram agradar a Deus em todos os seus assuntos.  Esse conceito é inspirador; a misericórdia de Deus não conhece limites.

Como um sinal da misericórdia infinita de Deus em relação à humanidade, Ele enviou Profetas e Mensageiros para nos guiar e ajudar a permanecer na Sua senda reta levando ao Paraíso eterno.  Deus disse que Ele enviou o Profeta Muhammad para toda a humanidade por misericórdia.

“E não te enviamos, senão como misericórdia para a humanidade.” (Alcorão 21:107)

O Profeta Muhammad era a personificação da misericórdia; demonstrou compaixão com aqueles ao seu redor, sua família, órfãos, amigos e estranhos.  Deus falou para ele dizendo:

Pela misericórdia de Deus, foste gentil para com eles; porém, tivesses tu sido insociável ou de coração insensível, eles se teriam afastado de ti. Portanto, indulta-os implora o perdão para eles e consulta-os nos assuntos (do momento).” (Alcorão 3:159)

O Profeta Muhammad podia ser ouvido invocando com frequência a Misericórdia de Deus sobre os crentes e os muçulmanos saúdam uns aos outros dizendo Assalamu alaikum wa Rahmatullah (Que a Paz e a Misericórdia de Deus estejam sobre você.) Misericórdia e tudo que ela envolve é um conceito muito importante no Islã porque dele vem generosidade, respeito, tolerância e perdão, todas as qualidades que se espera que um muçulmano cultive em sua vida.

Como seres humanos frágeis frequentemente nos sentimos perdidos e sozinhos em um mundo que parece desprovido de misericórdia e é nesses momentos que precisamos nos voltar para Deus e buscar Sua Misericórdia e Perdão.  Quando nos voltamos para Ele em verdadeira submissão Sua tranquilidade desce sobre nós e somos capazes de sentir a qualidade de Sua misericórdia e vê-la manifesta no mundo à nossa volta.

A mão que alcança você na escuridão é um reflexo da misericórdia de Deus, da mesma forma que uma palavra gentil vinda de um estranho, a chuva que cai sobre a terra seca e a gargalhada nos olhos de uma criança.  A misericórdia de Deus é a fonte de tudo que é bom, gentil ou virtuoso.  Deus nos capacita a compreender um pouco de Sua Magnificência ao revelar Seus Mais Belos Nomes para nós. Ele tem vários que indicam Sua Misericórdia e somos encorajados a chamá-Lo por esses nomes.

Al-Rahman (o Clemente), al-Raheem (o Misericordiosíssimo), al-Barr (a Fonte de Bondade), al-Kareem (o Generosíssimo), al-Jawaad (o Generoso), al-Ra’oof (o Compassivo), al-Wahhaab (o Que Concede).

“Os mais sublimes atributos pertencem a Deus; invocai-O, pois,...” (Alcorão 7:180)

Podemos chamá-Lo por esses nomes quando sentimos que precisamos agradecer pelas incontáveis bênçãos que Deus nos concedeu, ou em um momento de necessidade.  Aspiramos a Misericórdia de Deus de forma mais ardente quando precisamos de conforto e segurança.  Quando a transitoriedade desse mundo parece ter-nos transformado em impotentes, o Poderosíssimo (Deus) sempre e para sempre nos cobrirá com Sua Misericórdia e o que Ele pede em troca é somente que acreditemos Nele e adoremos somente a Ele.



Footnotes:

[1] Princeton Wordnet.

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version