您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Ologunde Sa, ex-ateia, Índia (parte 3 de 4)

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: “As coisas são esclarecidas por meio de seus opostos.” Provérbio árabe. Parte 3: Pensamentos sobre o Pecado Original levam a uma visita à biblioteca.

  • Por Ologunde Sa
  • Publicado em 24 Feb 2014
  • Última modificação em 25 Feb 2014
  • Impresso: 47
  • Visualizado: 4826 (média diária: 2)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Na Índia, com seus muitos templos, conhecia pessoas que adoravam a mentira.  O Hinduísmo, com seus muitos deuses e deusas, nunca fez muito sentido para mim.  Sempre me perguntava como os hindus sabiam a aparência de seus deuses e deusas.  Na América descobri que a situação era mais ou menos a mesma.  A única diferença era que, em cada rua e esquina você não encontra um templo, encontra uma igreja!  O Cristianismo como é praticado na América também não fazia sentido para mim!  As pessoas retratavam Jesus como se soubessem a aparência dele.  Tenho certeza que o verdadeiro Jesus era um pouco diferente de como o retratam!

Confrontei meu marido com minhas perguntas sobre as crenças cristãs.  Ele não teve respostas.  Também perguntei aos meus amigos cristãos.  Deram algumas respostas, mas eram tão preposteras que logo parei de perguntar a eles!  Querem saber o que eles me disseram?  Francamente, estou morrendo de vontade de contar!

Isso é o que tinham a dizer: “Nenhum mal ou pecado pode se manter diante de um Deus perfeito. Mesmo o que para nós é apenas o menor dos erros é totalmente intolerável para Sua perfeição. Tudo que é preciso é um ato pecaminoso. Veja Adão e Eva. Cometeram um ato único e muito pequeno, mas aquele ato permitiu que o pecado entrasse nesse mundo. Sabiam que as consequências daquele único ato era a morte, mas Deus lhes prometeu que havia uma maneira de se redimirem das consequências. É sobre aquela promessa que os profetas escreveram. Aquela promessa e seu cumprimento é o tema subjacente em todo o restante da Bíblia. A mensagem é que não somente os líderes judeus que crucificaram Jesus eram maus, mas também Davi, Ló e os outros. Isso também inclui você e eu. Até o menor dos males faz com que mereçamos a morte. Assim como não havia como Adão e Eva desfazerem suas ações, não podemos desfazer o mal que fizemos. Mas a mesma promessa que Deus fez a Adão e Eva, Ele nos fez. Só nos pede para aceitar aquela promessa.”

Como alguém pode acreditar nessa teoria?!  Mas era precisamente nisso que meus bons “amigos” cristãos acreditavam.  De acordo com eles, todo o mal, todo o pecado é o mesmo aos olhos de Deus.  Então a punição para um homem que rouba um pão é a mesma para um homem que sai e mata dez pessoas!  Que tipo de justiça é essa?!  Sou grata que o sistema de lei e ordem na América não trata todos os crimes com a pena de morte! A justiça aqui na terra é melhor que a justiça de Deus?

E que grande disparate achar que todos merecemos a morte por pequenos pecados que cometemos, mas podemos ser salvos simplesmente acreditando que Deus morreu por nossos pecados!

Se acreditamos ou não, ainda não nos salva da Morte, salva?!

Se cometemos um pecado, não é por causa de Adão e Eva!  Cometemos pecados quando escolhemos fazer algo errado ou mau de acordo com nosso próprio livre arbítrio.  Apenas nós somos responsáveis por nossas ações.  Pelo erro que cometo, ninguém mais pode ser responsabilizado.  Não seria justiça!  Portanto, mesmo que alguém viesse até mim dizendo que estava disposto a carregar o fardo do meu pecado, não concordaria!  Se fui eu quem cometeu o pecado, somente eu devo enfrentar as consequências daquele ato!  Não faz sentido que devamos conscientemente cometer erros e pecados e crimes de todos os tipos e colocar todo o fardo sobre alguém que é totalmente inocente.  Não há sistema de lei e ordem nesse mundo em que Tom comete um assassinato e, ao invés de Tom, Dick é enforcado por isso!!  Se tal coisa fosse feita, esse mundo inteiro estaria de cabeça para baixo!

Fui à biblioteca e comecei a procurar respostas.  Comecei a estudar o Islã, a outra religião monoteísta.  Li o Alcorão.  Não precisei procurar mais.  Encontrei as respostas para todas as minhas perguntas lá!

O Alcorão é muito claro em sua mensagem:

1.    Deus (Allah) é único.

2.    Ele é eterno e não morre.

3.    Não gerou e nem foi gerado.

4.    Nada se assemelha a Ele.

5.    Toda alma prestará contas de seus atos no Dia do Juízo.

6.    Nenhuma alma arca com o pecado de outra.

7.    Jesus era um dos mensageiros de Deus.

8.    Aqueles que acreditarem na Verdade e fizerem o bem serão recompensados com o paraíso.

9.    Aqueles que descrerem e rejeitarem a Verdade serão lançados no inferno.

10.  Não há deus exceto Allah.  Ele é o Senhor dos Mundos, o Criador, o Onisciente e Oniouvinte.

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version