L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Os Milagres de Muhammad (parte 3 de 3)

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: Menção dos vários outros milagres do Profeta, que Deus o exalte.

  • Por IslamReligion.com
  • Publicado em 23 Feb 2009
  • Última modificação em 17 Mar 2009
  • Impresso: 788
  • Visualizado: 20074 (média diária: 5)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 1
  • Comentado em: 0

Existem muitos outros milagres que o Profeta realizou relatados na Sunnah, ou coletânea de ditos, atos, aprovações e descrições do Profeta.

O Tronco da Árvore

Em Medina Muhammad costumava fazer sermões apoiado sobre o tronco de uma árvore.  Quando o número de adoradores aumentou, alguém sugeriu que um púlpito fosse construído para que ele pudesse usá-lo para fazer o sermão.  Quando o púlpito foi construído, ele abandonou o tronco de árvore.  Abdullah ibn Umar, um dos companheiros, foi testemunha ocular do que aconteceu.  Ouviu-se o tronco chorando e o Profeta da Misericórdia foi em sua direção e o confortou com sua mão.[1]

O evento também é confirmado por testemunhos oculares transmitidos através dos tempos com uma cadeia ininterrupta de eruditos confiáveis (hadith mutawatir).[2]

 A Água Corrente

Em mais de uma ocasião quando as pessoas estavam em grande necessidade de água, a bênção de Muhammad as salvou.  No sexto ano após ter migrado de Meca para Medina, Muhammad foi para Meca para a peregrinação.  Na longa viagem através do deserto as pessoas ficaram sem água, e somente o Profeta tinha um recipiente com o qual ele realizava as abluções para as orações.  Ele colocou a sua mão no recipiente e a água começou a fluir entre seus dedos.  Jabir bin Abdullah, que testemunhou o milagre, diz sobre os quinze mil homens, ‘Nós bebemos dela e fizemos ablução.’[3]  Esse milagre foi transmitido por uma cadeia ininterrupta de eruditos confiáveis (hadith mutawatir).[4]

A água brotando de dedos humanos é semelhante ao milagre de Moisés de produzir água de uma rocha.

Bênção do Alimento

Em mais de uma ocasião o Profeta abençoou o alimento orando ou tocando-o para que todos os presentes pudessem ter o suficiente.  Isso aconteceu nas vezes em que a falta de alimento e água afligiu os muçulmanos.[5]  Esses milagres aconteceram na presença de um grande número de pessoas e não é possível, portanto, negá-los.

Cura dos Doentes

Abdullah ibn Ateek quebrou sua perna e Muhammad a curou passando sua mão sobre ela. Abdullah disse que foi como se nada tivesse acontecido!  A pessoa que testemunhou o milagre foi outro companheiro, Bara’ ibn Azib (Saheeh Al-Bukhari)

Durante a expedição de Khaibar, Muhammad curou os olhos doloridos de Ali ibn Abi Talib na frente de todo o exército.  Ali, muitos anos depois, se tornou o quarto califa dos muçulmanos.[6]

Exorcismo de Demônios

Muhammad expulsou o demônio de um menino trazido por sua mãe para que fosse curado dizendo, ‘Saia! Eu sou Muhammad, o Mensageiro de Deus!’  A mulher disse, ‘Por Aquele que o enviou com a verdade, nós nunca tínhamos visto nada de errado com ele.’[7]

Orações Atendidas

(1)            A mãe de Abu Huraira, um companheiro próximo de Muhammad, costumava falar mal do Islã e seu profeta.  Um dia Abu Huraira chegou chorando até Muhammad e pediu a ele que orasse para que sua mãe fosse salva.  Muhammad orou e quando Abu Huraira voltou para casa encontrou sua mãe pronta para aceitar o Islã.  Ela fez o testemunho de fé na frente de seu filho e entrou no Islã.[8]

(2)            Jarir ibn Abdullah foi incumbido pelo Profeta de livrar a terra de idólatras, mas ele reclamou que não era capaz de montar bem um cavalo!  O Profeta orou por ele, ‘Ó Deus, faça dele um forte cavaleiro e faça dele alguém que guia e é guiado.’   Jarir testemunhou que ele nunca caiu de seu cavalo após o Profeta orar por ele.[9]

(3)            As pessoas estavam afetadas pela fome durante o tempo de Muhammad.  Um homem ficou de pé quando Muhammad estava fazendo sermão semanal na sexta-feira e disse: ‘Ó Mensageiro de Deus, nossa fortuna foi destruída e nossos filhos estão passando fome. Ore a Deus por nós.’  Muhammad elevou suas mãos em oração.

Aqueles que estavam presentes testemunharam que no momento que ele baixou suas mãos as nuvens começaram a se formar como montanhas!

Quando ele desceu de seu púlpito, a chuva estava pingando de sua barba!

Choveu uma semana inteira até a próxima sexta-feira!

O mesmo homem se levantou novamente e, dessa vez, reclamou: ‘Ó Mensageiro de Deus, nossas edificações estão destruídas e nossa propriedade está submersa, ore a Deus por nós!’

Muhammad elevou suas mãos e orou: ‘Ó Deus, permita que chova ao nosso redor, mas não sobre nós.’

Aqueles que estavam presentes testemunharam que as nuvens se retiraram na direção que ele apontou, e a cidade de Medina ficou cercada pelas nuvens, mas não tinha nenhuma nuvem sobre ela![10]

(4)            Aqui está a bela história de Jabir.  Ele testemunhou que uma vez o camelo no qual ele cavalgava estava exausto e, por causa disso, era usado para carregar água.  O camelo mal podia andar.  Muhammad lhe perguntou, ‘Qual o problema com seu camelo?’  Ao descobrir o quanto o pobre camelo estava cansado, Muhammad orou pelo pobre animal e daquele dia em diante, nos conta Jabir, o camelo estava sempre à frente dos outros!  Muhammad perguntou a Jabir, ‘Como está seu camelo?’  Jabir respondeu, ‘Está bem, sua bênção o alcançou!’  Muhammad comprou o camelo de Jabir na hora pagando com uma moeda de ouro, com a condição de que Jabir o cavalgasse de volta até a cidade! Ao chegar a Medina, Jabir disse que levou o camelo para Muhammad na manhã seguinte.  Muhammad deu a ele a moeda de ouro e lhe disse para manter seu camelo![11]

Não é de admirar que aqueles à sua volta que testemunharam esses grandes milagres, realizados na frente de multidões, estavam certos de sua autenticidade.



Footnotes:

[1] Saheeh Al-Bukhari.

[2] Mais de dez companheiros do Profeta transmitiram os relatos de ouvirem o choro do tronco de árvore.  Veja os trabalhos dos mestres em hadith: ‘Azhar al-Mutanathira fi al-Ahadith al-Mutawatira’ de al-Suyuti p. 267 e ‘Nadhm al-Mutanathira min al-Hadith al-Mutawatir,’ de al-Kattani p. 209 e ‘Shamail’ de Ibn Kathir p. 239.

[3] Saheeh Al-Bukhari.

[4] Ver ‘Nadhm al-Mutanathira min al-Hadith al-Mutawatir,’ de al-Kattani p. 212, ‘al-Shifa’ de Qadhi Iyyad, vol 1, p. 405, e ‘al-’Ilaam’ de al-Qurtubi, p. 352.

[5] Saheeh Al-Bukhari.  Ver ‘Nadhm al-Mutanathira min al-Hadith al-Mutawatir,’ de al-Kattani p. 213, ‘al-Shifa’ de Qadhi Iyyad, vol 1, p. 419.

[6] Saheeh Al-Bukhari, Saheeh Muslim

[7] Musnad de Imam Ahmad, e Sharh’ al-Sunnah

[8] Saheeh Muslim

[9] Saheeh Muslim

[10] Saheeh Al-Bukhar, Saheeh Muslim

[11] Saheeh Al-Bukhar, Saheeh Muslim

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version