El artículo / video que has solicitado no existe todavía.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

あなたが要求した記事/ビデオはまだ存在していません。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

El artículo / video que has solicitado no existe todavía.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Capítulo 32, As-Sajdah (A Prostração)

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: O Livro sobre o qual não há dúvida, a criação de Adam, eventos sobre o Dia do Juízo e um aviso para acreditar antes que seja tarde demais.

  • Por Aisha Stacey (© 2019 IslamReligion.com)
  • Publicado em 15 Jul 2019
  • Última modificação em 15 Jul 2019
  • Impresso: 2
  • Visualizado: 220 (média diária: 5)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Introdução

Chapter-32.jpg O capítulo trinta e dois é chamado A Prostração.  O título vem do versículo quinze, em que os verdadeiros crentes se prostram em adoração.  Este versículo é uma das quinze passagens no Alcorão em que os adoradores devem se curvar, ou prostrar, durante a recitação.  O início do capítulo enfatiza a verdade do Alcorão e, no final, é dito ao Profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Deus estejam sobre ele, para não prestar atenção àqueles que não podem ver o significado dos sinais de Deus.  É um capítulo de Meca cujo tema principal é a Unicidade de Deus. 

Versículo 1 -3 Sem dúvida

Este capítulo começa com as letras árabes, alif, lam, mim.  É um dos seis capítulos que começam com essa combinação particular de letras e um dos vinte e nove capítulos que começam com várias combinações de letras.  Deus nunca revelou qualquer significado especial relacionado a elas.   Não há dúvida de que este Livro, o Alcorão, é de Deus, o Senhor de todos os mundos.  As pessoas tentam dizer que Muhammad o inventou, ou forjou, mas isso não é verdade.  É um Livro de verdade de Deus para o Profeta Muhammad, a fim de que ele possa avisar o seu povo.  Nenhum admoestador chegou a eles antes e deste Livro eles receberão orientação.

Versículos 4-11 A criação de Adão e da humanidade

Foi Deus que criou os céus e a terra e tudo entre ambos, em seis dias (período de tempo), Ele, então, estabeleceu-se acima do trono.  (Mencionar o trono estabelece o fato de que Deus não apenas criou os mundos, mas o governa de uma forma muito real.) Não há nenhuma proteção ou intercessão, exceto a que vem do próprio Deus. Então, por que não ouvem e prestam atenção?   Deus organiza todos os assuntos nos céus e na terra, e então eles ascenderão a Ele em um dia, mas no cômputo do ser humano este é um período de mil anos.  (Isso pode ser entendido como significando que os eventos em mil anos de nossa história são realizados por Deus em um dia.)

Deus sabe tudo o que está oculto e tudo o que é revelado abertamente.  Ele é Todo-Poderoso e Ele é Misericordioso, Aquele que aperfeiçoou tudo.  Ele criou o início da humanidade com a criação de Adão a partir do barro.  Ele então fez seus descendentes a partir de um extrato de fluidos (sêmen).  Ele então o moldou em proporções perfeitas e deu vida a ele, dando-lhe a audição, a visão e uma mente.  Mesmo assim a humanidade raramente é grata.  E dizem que, quando estivermos mortos e enterrados seremos realmente recriados? Eles não acreditam no encontro com seu Senhor.   Dize: o anjo da morte que lhes foi atribuído os levará de volta para o seu Senhor.

Versículos 12-22 No Dia do Juízo

Se pudessem ver como os criminosos balançam suas cabeças envergonhados, pedindo ao seu Senhor para devolvê-los ao mundo.  Estão agora convencidos e tentarão fazer melhor, eles dizem.  Se tivesse sido a vontade de Deus Ele poderia ter dado orientação a toda alma.  Mas a palavra de Deus será cumprida e o Inferno será preenchido com gênios e humanos.  Ignoraram o encontro planejado para o Dia do Juízo e agora serão ignorados por Deus.  Testarão a punição por toda a eternidade.

As pessoas que acreditam em revelações de Deus se prostram sempre que são lembradas delas.  Elas se curvam em adoração e louvor a Deus.  Não são arrogantes e abandonam suas camas a fim de orar ao seu Senhor com temor e esperança.  São caridosas com o que Deus lhes deu.  Ninguém sabe que alegria receberão como recompensa pelo que têm feito.  Um crente é semelhante a um transgressor? Claro que não! Aqueles que creem e fazem boas ações estarão nos jardins do Paraíso.  No entanto, aqueles que desafiam Deus terão sua morada eterna no Inferno.  Toda vez que tentarem sair serão devolvidos e lhes será dito para saborear a punição.  Certamente provarão as calamidades e desastres deste mundo na esperança de que retornarão para o caminho certo.  Aquele que rejeita as mensagens de Deus recitadas a ele certamente enfrentará represálias.

Versículos 23 - 30 Semelhanças entre as Revelações

(Profeta Muhammad) Não tem qualquer dúvida no Livro que está recebendo (Alcorão).  Reúne os mesmos critérios que o Livro que demos ao profeta Moisés como um guia para os Filhos de Israel. Quando foram pacientes e acreditaram em Nossos sinais fizemos surgir líderes de entre eles que guiaram de acordo com o seu Livro.  E no Dia do Juízo, Deus decidirá os assuntos sobre os quais diferiram.

Eles não entendem quantas gerações anteriores foram destruídas por Deus.  Eles caminham e habitam nos mesmos lugares, mas não veem os sinais, nem ouvem.  Não refletem sobre como Deus envia chuva para a terra estéril.  Sem ela não teriam lavouras ou vegetação, para o gado ou para si próprios.  Eles não ouvem e não veem.  Perguntam quando ocorrerá o Dia do Juízo.  Diga-lhes que naquele Dia acreditar não será de nenhum benefício para os descrentes.  Será tarde demais e não lhes será concedido indulto.  Não preste atenção a eles, afastem-se e esperem.  Eles também estão à espera.

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version