Der Artikel / Video anzubieten existiert noch nicht.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

あなたが要求した記事/ビデオはまだ存在していません。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Der Artikel / Video anzubieten existiert noch nicht.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Capítulo 72, Al-Jinn (Os gênios)

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: Uma visão do Islã a partir de um mundo diferente e a seriedade da missão do Profeta Muhammad.

  • Por Aisha Stacey (© 2018 IslamReligion.com)
  • Publicado em 12 Nov 2018
  • Última modificação em 12 Nov 2018
  • Impresso: 0
  • Visualizado: 204 (média diária: 6)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Introdução

Este capítulo de vinte e oito versículos foi revelado em Meca.  Os capítulos mequenses tendem a se concentrar em ensinar os fundamentos do Islã.  Eles se concentram na unicidade de Deus e nas consequências de ignorar a mensagem.  Os primeiros 15 versículos dão conta de uma discussão por um grupo de gênios depois que eles ouviram uma recitação do Alcorão.  Este capítulo nos mostra como a fé islâmica é percebida por aqueles de um mundo diferente.  Os descrentes de Meca haviam anteriormente acusado o Profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Deus estejam sobre ele, de aprender sua nova fé dos gênios.  Aqui vemos que isso claramente não está correto.  É fornecida uma descrição precisa dos gênios e muitas das ideias e superstições que os rodeiam são mostradas como falsas.  A parte final do capítulo é dirigida ao Profeta Muhammad.

Versículos 1 - 7 Alguns gênios aceitam o Islã

Deus revelou ao profeta Muhammad que um grupo de gênios ouviu sua recitação do Alcorão.  Eles retornaram à sua própria sociedade e descreveram a recitação como maravilhosa, dizendo que ela chamava ao que é verdadeiro e sensato, distinguindo entre o certo e o errado.  Aqueles que ouviram acreditaram nele e relataram isso aos outros de sua espécie.  Eles declararam que nunca mais associariam nada a Deus. 

Este capítulo coloca essa resposta para os incrédulos de Meca, que também ouviram a recitação do Alcorão, mas não acreditaram nela.  Aqueles entre os gênios que ouviram, imediatamente abraçaram uma fé verdadeira e imaculada.  Disseram que a recitação exaltou a Deus e afirmou que Ele não tinha nem parceiro nem filhos.  Na época, muitos árabes acreditavam que os anjos eram filhas de Deus através do casamento com os gênios, mas os gênios negam enfaticamente isso. 

Os gênios declaram que alguns deles disseram coisas chocantes sobre Deus, embora acreditassem que ninguém jamais teria a audácia de contar mentiras sobre Deus.  Mas agora que eles tinham ouvido o Alcorão por si mesmos, perceberam que essas ideias eram falsas.  No passado, algumas pessoas procuraram proteção com alguns dos gênios, mas isso apenas os afastou da verdade e os aumentou em pecado.  Alguns humanos e alguns gênios pensavam que Deus nunca enviaria um mensageiro para guiá-los e alertá-los.  Deus, no entanto, é generoso e gentil e, de fato, envia mensageiros para guiar ao caminho certo.

Versículos 8 - 10 Os gênios não podem ver o oculto

Os gênios negam qualquer conhecimento do oculto, afirmando que ele permanece além do alcance deles.  Nós tentamos alcançar os céus, dizem eles, mas constatamos que era fortificado por guardas severos e estrelas cadentes.  Antes do Profeta Muhammad o os gênios conseguiam coletar informações espionando os anjos.  Eles então as passavam para astrólogos, cartomantes e outros desse tipo.  Isso não é mais possível e, se eles tentarem, encontrarão um impedimento celestial à espera deles.  Eles não sabem o que está reservado para os que estão na Terra.  As intenções de Deus (infelicidade ou orientação) permanecem ocultas. 

Versículos 11 - 15 Muitos caminhos diferentes

Os gênios então descrevem sua própria situação e sua atitude em relação à orientação.  Alguns dos gênios são justos, outros não.  Eles seguem muitos caminhos diferentes e possuem muitas opiniões e crenças diferentes.  Entendem que não podem jamais prejudicar os planos de Deus para a terra e seus habitantes e nem escapar da vontade de Deus.  Quando ouvimos esta recitação do Alcorão, acreditamos nela e aqueles que acreditam em Deus não precisam temer a perda, a injustiça ou um fardo insuportável.  Alguns (gênios) se submetem a Deus e são guiados; outros se recusam a aceitar a verdade.  Aqueles que aceitam a verdade encontraram o caminho para a salvação, os outros são combustível para o Fogo do Inferno.  Isso também se aplica aos humanos, alguns aceitam orientação, outros tomam um rumo ao Inferno.

Versículos 16 - 19 Preste atenção aos avisos

Deus diz ao profeta Muhammad que, se os habitantes de Meca tivessem permanecido no caminho certo, Ele lhes daria chuvas abundantes (água e garantia de provisão).  Este é também um meio pelo qual Deus testa as pessoas.  O Alcorão nos diz que ter muito é um teste tão grande quanto ter pouco.  A pessoa que não presta atenção aos avisos de Deus enfrentará um árduo castigo, descendo ao Inferno.

As mesquitas são construídas somente para Deus; elas facilitam a adoração, mas um muçulmano pode orar em qualquer lugar (com pouquíssimas exceções).  A adoração é somente para Deus, então não invoque ninguém além Dele.  Quando o Profeta Muhammad levantou-se para fazer súplicas, a multidão se espremeu ao redor dele, com os incrédulos prontos para atacá-lo.  Deus o protegeu nessa e em muitas outras ocasiões.

Versículos 20 - 24 Entregue a mensagem

Este capítulo agora se dirige ao Profeta Muhammad em tom decisivo, deixando claro para ele que, uma vez que ele tenha transmitido a mensagem, não tem como interferir na forma como as pessoas respondem.  É dito a ele que diga ao povo que ele só ora a Deus e não estabelece parceiros ou associados com Ele.   Ele (o profeta) lhes diz que não pode lhes causar dano e nem forçá-los a ir na direção certa.   O profeta Muhammad diz que se ele desobedecesse a Deus ninguém poderia protegê-lo, nem ele poderia encontrar um lugar para se esconder Dele.   Sua missão é apenas transmitir a mensagem.  Quem desobedecer a Deus e ao Seu mensageiro, se encontrará no Fogo do Inferno.  Os descrentes acham que têm força por serem muitos, mas logo perceberão que o Profeta Muhammad tem o poder e a força de Deus por trás dele.

Versículos 25 - 28 A mensagem está protegida

O profeta Muhammad informa aos descrentes que ele não sabe quando a ameaça de punição ocorrerá.  Ele não tem parte nessa decisão, e é Deus Quem decide.  As punições prometidas nesta vida, e na vida por vir, são questões do oculto e Deus não revela tais assuntos a ninguém.  No entanto, há uma exceção: Deus pode revelar assuntos ocultos a um de Seus mensageiros, se necessário.   Os anjos da guarda protegem tanto o mensageiro quanto a mensagem.  Deus sabe tudo sobre Seus mensageiros e não há nada que escape ao Seu conhecimento.  Tudo é contado e medido.  A mensagem é cuidadosamente monitorada.

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version