El artículo / video que has solicitado no existe todavía.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

あなたが要求した記事/ビデオはまだ存在していません。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

El artículo / video que has solicitado no existe todavía.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Статьи / видео вы запросили еще не существует.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Capítulo 25, versículos 63-76: As características de um crente (parte 2 de 2)

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: Uma continuação da lista de características que pertencem a um crente.  Deus descreve essas características para que possamos conhecê-las e desenvolvê-las.

  • Por Aisha Stacey (© 2016 IslamReligion.com)
  • Publicado em 28 Nov 2016
  • Última modificação em 28 Nov 2016
  • Impresso: 6
  • Visualizado: 4582 (média diária: 3)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Chapter-25,-Verses-63-–-76,-Part-2.jpgQuando a notícia da salvação por meio do arrependimento foi revelada, foi considerada uma grande bênção pelos novos muçulmanos.  Pouquíssimos tinham estado livres de pecado e vícios durante seu período antes da revelação do Islã, e essa anistia geral encheu-os de esperança.  Deus é misericordioso e compassivo e não repreende uma pessoa por erros anteriores.  São relatados vários exemplos de pessoas que reformaram suas vidas por meio do arrependimento a Deus nas tradições autênticas do profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele. 

Um homem idoso veio até o profeta Muhammad e disse: "Toda a minha vida foi passada em pecado, não há pecado que eu não tenha cometido. Tanto que se meus pecados fossem distribuídos entre as pessoas de todo o mundo, todas estariam condenadas. Existe alguma saída para o meu perdão?" O profeta perguntou-lhe: "Você abraçou o Islã?" Ele disse: "Não há divindade exceto Deus e Muhammad é Seu mensageiro".  O profeta então disse: "Volte. Deus é Perdoador e tem o poder de transformar todas as suas más ações em boas ações." [1] Aquele que abraça o Islã tem a lousa limpa e os crentes que se arrependem têm a chance de começar de novo. 

Boas ações podem obliterar más ações e o arrependimento dá outra chance ao pecador.  Para enfatizar isso, Deus disse: "exceto aqueles que se arrependem, creem e fazem boas ações. Para estes, Deus computará as más ações como boas..." (Alcorão 25:70) e o profeta Muhammad reforçou o significado por trás dessas palavras quando disse: "Deus estende Sua mão à noite para perdoar os que pecaram durante o dia, e estende Sua mão durante o dia para perdoar os que pecaram durante a noite. Isso continuará até que o Sol nasça no ocidente." Buscar o arrependimento, portanto, é outra característica do verdadeiro crente.   Deus é Perdoador e, assim, aquele que se arrepende sinceramente será perdoado. 

Os crentes não testemunham falsidade.  Não mentem, não dão falsa evidência e não ocultam a verdade.  O Islã chama a essas coisas de pecado.  O profeta Muhammad equiparou o falso testemunho a atribuir parceiros a Deus[2] e o Alcorão nos diz que: "Evitai, pois, a abominação da adoração dos ídolos e evitai o perjúrio." (Alcorão 22:30). Além disso, no livro de Zacarias, incluído no Velho e no Novo Testamentos, encontramos as palavras: "Eis o que devem fazer: Falem somente a verdade uns com os outros e julguem retamente em seus tribunais..." [3]

As mesmas pessoas que não dão falso testemunho evitam discursos nocivos e se mantêm afastadas de frivolidade.  Se vierem a se deparar com comportamento pecaminoso, inútil e vão, seguem em frente com dignidade.   Não param para se engajar no comportamento ou argumentar a respeito. Seguem em frente.  Deus espera que os crentes se distraiam dos males associados com o comportamento frívolo, e uma maneira de fazer isso é lembrar-se da grandeza de Deus e contemplar Sheus sinais no mundo ao nosso redor.  Quando os crentes são lembrados de Deus a lembrança não passa em branco, porque são gratos e se voltam ansiosamente para Deus.  Não fecham os olhos deliberadamente para os sinais de Deus e, ao contrário, são profundamente tocados por eles. 

Os crentes pedem a Deus que lhes conceda uma descendência virtuosa que adorará somente a Deus e não associará parceiros com Ele.  Suplicam por esposas e filhos que serão um conforto para eles.  Pedem a Deus que assegure que suas famílias sigam um caminho de retidão.  Além disso, o crente aspira alcançar um nível de virtude que os outros desejarão imitar.  Vale lembrar que na época da revelação, muitas das famílias dos primeiros muçulmanos ainda não tinham abraçado o Islã.  Orações e súplicas preocupadas com a vida futura de suas famílias estavam na mente dos companheiros do profeta Muhammad. 

A vida, de muitas formas, é a mesma coisa hoje.  Com frequência uma pessoa abraça o Islã e começa a se inquietar com o desfecho eterno de seus entes queridos.  Aqui podemos ver que um sinal de um verdadeiro crente é sua profunda preocupação para que seus entes queridos também adorem somente a Deus.  Um crente tem esperança de ser aquele que inspira outros a seguir o caminho correto, especialmente seus familiares e entes queridos.

Os crentes, aqueles que foram descritos nesses artigos e os que se empenham para ser como os descritos aqui, serão recompensados.  Terão seu lugar no Paraíso garantido por conta de sua paciência e perseverança.   Muitas traduções do Alcorão, especialmente as mais arcaicas, chamam a recompensa de um palácio luxuoso, uma descrição que apela para a mente de grandiosidade.   Alguns estudiosos dizem que é o lugar mais elevado no Paraíso, reservado para os crentes mais virtuosos e piedosos.  Certamente os crentes são recompensados de maneira magnífica com uma morada eterna segura e feliz, e são saudados com palavras de paz.

O Paraíso é um local de segurança e satisfação eternas.  Todo o sentido de injúria e dor são removidos e Deus nos diz em mais de uma passagem do Alcorão que os habitantes do Paraíso, os verdadeiros crentes, serão saudados pelos anjos.  Eles dirão: "Que a paz esteja convosco! Quão excelente é o que fizestes! Adentrai, pois!" (Alcorão 39:73). Também dirão: "Eis o Paraíso que herdastes em recompensa pelos que fizestes." (Alcorão 7:43)

As características de um verdadeiro crente foram listadas aqui nesses versículos essenciais do Alcorão.  É estimulante notar que as características dos descrentes foram deixadas para que nós as detectemos sozinhos.  Podem ser características opostas, aquele que é orgulhoso, não ora à noite, argumenta ou mente ou uma combinação de qualquer ou todas essas coisas mencionadas. Entretanto, como Deus declara, a verdade se destaca claramente da falsidade[4], especialmente para aquele está determinado a agradar a Deus. 



Notas de rodapé:

[1]Baseado no trabalho de Ibn Kathir

[2] Saheeh Bukhari, At-Tirmidhi

[3]Zacarias 8:16

[4](Alcorão 2:256)

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Mais visualizados

Diariamente
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Total
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version