您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

あなたが要求した記事/ビデオはまだ存在していません。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

आपके द्वारा अनुरोधित लेख/वीडियो अभी तक मौजूद नहीं है।

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Makala/video uliyoomba bado haipo.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

आपके द्वारा अनुरोधित लेख/वीडियो अभी तक मौजूद नहीं है।

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Makala/video uliyoomba bado haipo.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Deus, Seus sinais estão em todo lugar (parte 1 de 2)

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: Deus pode ser reconhecido ponderando sobre Sua criação.  Parte 1 discute os sinais no cosmos e na terra e como tudo funciona em completa harmonia.  O pouco que o homem fez não está livre de problemas e danos.  

  • Por propheticguidance.co.uk
  • Publicado em 14 Nov 2016
  • Última modificação em 12 Feb 2017
  • Impresso: 14
  • Visualizado: 5346 (média diária: 3)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

O mundo tem um Deus.  É seu Criador e Mestre.  A maior prova da existência de Deus é a existência do mundo em si.  Espalhado ao nosso redor em toda sua vastidão e complexidade, testemunha a existência de um Deus grande que, em Seu poder infinito, o controla.  Se não temos escolha a não ser acreditar no mundo, não temos escolha a não ser acreditar em Deus também, porque o mundo não teria sentido se não aceitássemos a existência de um Criador e Mestre ao lado dele.  Veja como o mundo foi confeccionado de maneira requintada.  Como isso é possível se não tem Criador? Veja a ordem perfeita que mantém.  É realmente possível que não haja ninguém em controle?  A resposta, claro, é não.  A verdade é que, assim como o homem é obrigado a acreditar no mundo ao redor dele, também é obrigado a acreditar em Deus. 

Suponha que coloquemos uma pedra em uma roda de um oleiro e então giremos a roda muito rápido.  A pedra, claro, sairá voando, apesar da roda de um oleiro dificilmente alcançar uma velocidade de 25 milhas por hora.  Agora, apenas pense por um momento que a terra em que vivemos também está girando, mas a uma taxa muito mais rápida que a roda do oleiro.  Ainda assim, não saímos voando.  A terra gira continuamente em seu eixo a uma velocidade de 1.000 milhas por hora - muito mais rápido que a média de um avião de passageiros - e ainda assim movemos ao redor de sua superfície e vivemos nossas vidas cotidianas sem medo de sermos lançados como a pedra, a partir da roda do oleiro.  Que milagre isso é.  A explicação que os cientistas nos dão é que a terra nos puxa com grande força por baixo, enquanto a pressão da atmosfera vinda de cima nos puxa firmemente para o chão.  Uma força que nos atrai de baixo e um cobertor com quinhentas milhas de espessura de ar que nos envolve vindo de cima são milagres suficientes por si mesmos, e dizer que explicam não sairmos voando no espaço é dar ainda mais crédito à natureza milagrosa de todo o nosso mundo.

Tudo nesse mundo, de fato, é um milagre.  Apenas pense no que acontece quando colocamos minúsculas sementes no solo.  O solo em que são plantadas é uniforme em constituição, mas as sementes produzem uma grande variedade de plantas - rabanetes, cenouras, nabos, mangas, goiabas, mostarda - tudo desde a grama mais simples ao poderoso carvalho.  Cada planta tem sua aparência, sabor e fragrância distintos e, de acordo com sua espécie, dá certos benefícios à humanidade.

Em todo nosso redor um mundo inteiro de diversidade e proporções milagrosas se abre diante de nossos olhos.  Além disso, a todo instante uma grande variedade de formas de vida estão continuamente passando a existir, sem qualquer ajuda do homem.  Ainda assim, se todos os seres humanos nesse mundo se reunissem, não seriam capazes de criar nem um pequeno grão de areia.  Tudo isso é um milagre de proporções surpreendentes, que nos faltam palavras para descrever.  Quando tentamos fazê-lo apenas o degradamos, porque somos incapazes de fazer justiça com simples palavras humanas.  Tudo que podemos fazer é olhar em admiração e nos perguntar: "Além de Deus, quem poderia ter manifesto tal milagre?"

Tudo nesse mundo é feito de átomos.  Em uma análise final, todo objeto é uma coleção dessas partículas minúsculas.  E mesmo assim, por algum milagre estranho, quando esses átomos se reúnem em certas proporções formam o deslumbrante globo solar, e quando os mesmos átomos se acumulam em outro lugar em proporções diferentes, fluem em cascatas; e em outros lugares assumem a forma de brisas sutis ou são moldados em solo fértil.  Todas essas coisas podem ser feitas dos mesmos átomos, mas a natureza e propriedades de cada objeto separado é muito diferente.

Esse mundo milagroso fornece ao homem recursos intermináveis, aos quais dá bom uso toda vez que aprende como explorá-los.  Suprimentos maciços do que precisa na vida estão sendo constantemente acumulados e o próprio homem faz muito pouco para se beneficiar deles.  Veja por exemplo o alimento que ele come.  Não faz nada além de estender as mãos para quantidades enormes de nutrição valiosa que, como parte da ordem do cosmos, foi disponibilizada para ele.  Uma vez que a tenha em mãos, tudo que tem que mover é suas mãos e mandíbulas para que o alimento chegue ao seu estômago.  Então, sem qualquer esforço de sua parte, o alimento é absorvido pelo corpo e transformado em músculo, ossos, sangue, unhas, cabelo e outras partes do corpo humano. Onde o alimento mantém o corpo humano funcionando, o petróleo, outro fenômeno da terra, mantém suas atividades funcionando.  Tudo que o homem tem que fazer é extraí-lo do solo, refiná-lo, colocá-lo em suas máquinas e, surpreendentemente, o combustível líquido mantém todos os mecanismos de sua civilização funcionando perfeitamente.  Recursos incontáveis desse tipo foram criados nesse mundo e há suficiente de tudo para atender as necessidades do homem.  A parte do homem em fazê-las existir ou mudá-las para uma forma utilizável, é relativamente pequena.  Portanto, com um esforço mínimo ele tem roupas, casas, mobília, máquinas, veículos e todos os outros componentes e acessórios de sua civilização.  Essas ocorrências não são suficientes para provar que, de fato, há um Criador e um Mestre do mundo?

 

 

Deus, Seus sinais estão em todo lugar (parte 2 de 2)

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: Deus pode ser reconhecido ponderando sobre Sua criação.  Parte 2 discute os sinais na criação do universo e dentro do próprio homem.  O pouco que o homem fez não está livre de problemas e danos.  E a descoberta do Criador da criação é a experiência mais extasiante.  

  • Por propheticguidance.co.uk
  • Publicado em 21 Nov 2016
  • Última modificação em 21 Nov 2016
  • Impresso: 14
  • Visualizado: 4986 (média diária: 3)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

GodHisSignsEverywhere2.jpgMas não devemos nos esquecer de que há outro lado.  A natureza ao nosso redor tem contribuído para a pureza e beleza do mundo e, ainda assim, o que nossas próprias ações fizeram dele? Podemos ter refinado o petróleo e feito máquinas a partir do ferro, mas também enchemos a terra e o mar com corrupção.  Convertemos o mundo em uma arena de fumaça, barulho, poluição, vandalismo e guerra.  Levamos essas coisas a tamanho extremo que muito frequentemente parece não haver solução para os problemas causados pelo homem que nos rodeiam.  Muito pouco foi realizado em nossas fábricas e, de fato, em todo o ramo de tecnologia.  O mundo ao nosso redor executa muito mais do que nós humanos.  As ações da natureza não criam quaisquer problemas, mas o trabalho do homem está constantemente atormentado por problemas.

A terra gira incessantemente de duas maneiras - sobre seu próprio eixo e em órbita, mas não cria qualquer ruído no processo.  Uma árvore funciona como uma grande fábrica, mas não emite qualquer fumaça.  Diariamente, números incontáveis de criaturas morrem no mar, mas não poluem a água.  O universo vem funcionando em conformidade com a ordem divina por bilhões de anos, sem jamais ter que se reorganizar porque tudo na forma em que está organizado é muito perfeito.  Existem estrelas e planetas incontáveis se movendo no espaço: mantêm a mesma velocidade, nunca se atrasando ou excedendo o ritmo estabelecido.  Todos esses milagres são da ordem mais elevada.  São muito mais maravilhosos que qualquer coisa que o homem criou e acontecem a todo instante nesse nosso mundo.  Que outra prova precisamos de que o poder de um Deus Grande está por trás desse mundo?

Quando olhamos para as diferentes formas de vida, testemunhamos um espetáculo surpreendente.  Certos objetos materiais se reúnem em um corpo e passa a existir uma criatura como um peixe nadando na água ou um pássaro subindo nos céus.  Entre as criaturas de grande variedade que abundam a terra, a de maior interesse para nós é o Homem.  Foi moldado de maneira bem proporcionada, de modo misterioso para nós.  Os ossos dentro dele assumem a forma significativa do esqueleto, que é coberto de músculo e selado com uma camada de pele, da qual brotam cabelo e unhas.  O sangue que corre em canais dentro dessa estrutura forma um ser humano que caminha, segura coisas em suas mãos, ouve, cheira, saboreia, tem uma mente que se lembra de coisas, acumula informação, analisa e então a expressa na forma de fala e escrita. 

A formação de um ser tão surpreendente a partir de matéria inerte é mais que um milagre.  As partículas das quais um homem é composto são as mesmas que compõem a terra e pedras.  Mas já ouvimos um pedaço de terra falar ou vimos uma pedra caminhar? A palavra milagre é pouquíssimo adequada para descrever as capacidades do homem.  Mas o que mais distingue da terra e da pedra esse ser que caminha, fala, pensa e sente? Esse fator é - vida.

O homem só precisa pensar sobre a natureza de seu próprio ser pra compreender a natureza de Deus.  O eu, o ego no homem, tem uma individualidade própria, que é muito distinta de outros de sua mesma espécie vivendo aqui nessa terra.  O ego no homem está absolutamente seguro de sua própria existência.  É a parte do homem que pensa, sente, forma opiniões, tem intenções e as coloca em prática.  Também decide por si mesmo que curso de ação adotar.  Todo ser humano é, assim, uma personalidade separada com vontade e poder próprios. Crer em Deus é semelhante a crer em si mesmo, uma vez que sujeita a um processo mental semelhante. Para explicar melhor, Allah diz no Alcorão que o próprio homem é evidência ampla para seu ego. À luz disso, é preciso apenas olhar para sua criação incrível para afirmar a existência de Deus.

As pessoas exigem alguma prova milagrosa antes de acreditarem na verdade de Deus e Sua mensagem.  Mas que outra prova é necessária quando têm o milagre do universo inteiro, que vem funcionando perfeitamente por milhões de anos na maior das escalas? Se quem duvida não está preparado para aceitar esse grande milagre, como eliminará suas dúvidas ao ver milagres menores? Em verdade, o homem tem recebido tudo que precisa para habilitá-lo a acreditar em Deus e então colocar-se a Seu serviço.  Se, apesar disso, não crê em Deus e não reconhece o poder e perfeição de Deus, só pode culpar a si mesmo e ninguém mais.

Aquele que encontrou Deus, encontrou tudo.  Depois da descoberta de Deus, não há mais descoberta a ser feita.  Quando um homem descobre Deus, sua atenção total está focada Nele.  Deus, para ele, se torna um tesouro que valoriza e é a Deus que recorre, para todas as suas necessidades mundanas e eternas.

Suponha que alguém coma uma maçã, mas não perceba sabor algum e não receba dela nenhuma nutrição.  Podem lhe dizer que não comeu maçã alguma, mas sim algo que se parece com uma maçã.  O mesmo é verdade para a percepção de Deus.  Um homem que descobriu Deus verdadeiramente, saboreará com alegria a essência da experiência.  Qualquer um que alegue ter descoberto Deus sem estar acompanhado desse sentido de êxtase, certamente não fez essa descoberta.  Apenas descobriu algo que equivocadamente pensa ser Deus.  É como o homem que come a maçã falsa e não deriva qualquer satisfação.

O mundo de Deus é uma coleção de átomos.  Em sua forma elementar, tudo consiste de um mesmo tipo de matéria inerte, mas Deus moldou essa matéria em formas diversas incontáveis: luz, calor, vegetação, água corrente.  Também investiu a matéria sem vida com as propriedades da cor, sabor e cheiro e, em todo o lugar, colocou as coisas em movimento, controlando esse movimento cuidadosamente com a gravidade.  Descobrir o Deus que fez esse mundo é muito mais que simplesmente adquirir uma crença árida; significa encher o coração e a alma com o brilho radiante da luz divina e abrir a mente para beleza e delicadeza incríveis.

Quando comemos frutos deliciosos, isso nos dá uma grande sensação de satisfação.  Quando uma criança bonita nasce para um casal, a alegria não tem limites.  Então, o que dizer de nossa experiência de Deus, que é a fonte de toda beleza, alegria e virtude? Ao descobri-Lo, é possível permanecer indiferente? Isso é algo difícil de imaginar, porque uma experiência tão sublime deve com certeza deixar sua marca.

 

Partes deste Artigo

Visualizar todas as partes juntas

Adicione um comentário

Mais visualizados

Diariamente
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Total
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version