Der Artikel / Video anzubieten existiert noch nicht.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

あなたが要求した記事/ビデオはまだ存在していません。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

Der Artikel / Video anzubieten existiert noch nicht.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

您所请求的文章/视频尚不存在。

The article/video you have requested doesn't exist yet.

L'articolo / video che hai richiesto non esiste ancora.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

요청한 문서 / 비디오는 아직 존재하지 않습니다.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

המאמר / הסרטון שביקשת אינו קיים עדיין.

The article/video you have requested doesn't exist yet.

James Den C. Bedico, Ex-cristão, Filipinas

Classificação:
Tamanho da fonte:

Descrição: A fascinação de James com o Islã começa ao conhecer o conceito de Unicidade de Deus, vendo como os muçulmanos oram e o amor e lealdade que os muçulmanos têm pelo profeta Muhammad.  

  • Por James Den C. Bedico
  • Publicado em 22 Aug 2016
  • Última modificação em 22 Aug 2016
  • Impresso: 2
  • Visualizado: 1322 (média diária: 1)
  • Classificação: sem comentários
  • Classificado por: 0
  • Enviado por email: 0
  • Comentado em: 0

Era James Den C. Bedico e agora sou Afraz Saleem C. Bedico, um antigo membro da Iglesia Ni Cristo ou Igreja de Cristo na república das Filipinas. 

A Iglesia Ni Cristo é o segundo maior grupo cristão e um dos mais influentes aqui nas Filipinas, depois da igreja católica.  Nasci, cresci e fui batizado dentro da Iglesia Ni Cristo, uma vez que meus pais, irmão e irmã e a maioria de meus parentes são membros dedicados da Iglesia Ni Cristo.

Durante minha infância era muito ativo em todas as atividades religiosas da Iglesia Ni Cristo e ia à igreja regularmente toda quinta-feira e domingo. Nunca perdia um serviço congregacional, exceto em casos extremos de doença.  Era parte do coral e meus pais ainda detinham posições chave na igreja, como diácono e diaconisa. Fiz a faculdade em uma instituição de propriedade da Iglesia Ni Cristo. Todos os alunos são membros da igreja. No total, passei trinta anos da minha vida sendo um devoto na Iglesia Ni Cristo.  Nunca tive a chance de ouvir os ensinamentos de outras religiões.

Em relação ao Islã, nunca tive interesse em aprender a respeito, parcialmente por conta do status de minoria que os muçulmanos têm nas Filipinas. Geralmente os via indo para casa; pareciam membros de uma tribo, uma linhagem de sangue ou um grupo de nativos morando nas ilhas isoladas das Filipinas.  Nunca pensei que tinham uma religião! Nunca ouvi a palavra "Islã" durante minha infância ou talvez nunca tenha dado atenção à palavra.  Basicamente, aqui nas Filipinas, o Islã é uma religião esquecida. As Filipinas são uma sociedade predominantemente cristã, especialmente no nordeste e centro do país. Na parte mais ao sul, os muçulmanos são bem dominantes.  Isso porque estão adjacentes ou próximos à Malásia, um país muçulmano no sul da Ásia. 

A medida que os anos passaram, fui me afastando de minha religião. Sentia-me "vazio", ansiando por algo. Então, no início de 2012, tive um sonho estranho sobre uma criança muçulmana usando um hijab (véu) cobrindo todo o corpo, exceto os olhos.  A criança tinha em torno de 6 anos.  Estava me olhando de uma distância de aproximadamente 5 pés de onde eu estava e então pronunciou as palavras: "Assalamu Alaikum!" Acordei, chocado e confuso... por que teria tal sonho?

Depois de sonhar com a criança muçulmana, pesquisei sobre muçulmanos online. Digitei a palavra "Islã" e um dos sites que apareceu foi www.islamreligion.com.  Visitei o site e fiquei admirado, porque nunca pensei que o Islã fosse uma religião e que pregava a UNICIDADE DE DEUS. Foi a partir desse momento que fiquei muito interessado no Islã. Meu interesse aumentou ainda mais quando li um artigo sobre Deus. Afirmava que Ele não tinha parceiro ou filho! Essa doutrina era semelhante à minha antiga religião, mas havia uma diferença significativa. Dentre as crenças fundamentais que nos eram ensinadas, uma era que Cristo é o filho de DEUS. Então, pensei comigo mesmo que se minha antiga religião nos ensina que só existe um DEUS e que Jesus Cristo é o filho de DEUS, seria possível para DEUS Se multiplicar tendo outro filho.  Esse processo podia continuar até que houvesse deuses numerosos que ajudariam o DEUS ÚNICO em suas tarefas como DEUS. Foi por causa disso que perdi a fé em minha antiga religião e comecei a me aprofundar na fé islâmica.

Visitava constantemente www.islamreligion.com e lia alguns artigos esclarecedores sobre o Islã.  Estava muito admirado com o método das orações islâmicas.  Era muito evidente para mim que essas orações eram mais holísticas, sinceras, humildes e submissas a DEUS TODO-PODEROSO, especialmente quando os muçulmanos realizam o ruku ou curvatura (se curvar é um sinal de respeito ao MESTRE) e então a sajdah ou a prostração.  Há muito respeito nas orações realizadas por muçulmanos.  Eu me perguntava por que em minha antiga religião, durante as orações, simplesmente ficávamos de pé e mexíamos nossas mãos. Isso provoca muita distração!

Em minha mente comecei a ver a beleza dos ensinamentos islâmicos. Pensava que se nos curvamos para uma pessoa, demonstrando tanto respeito àquele indivíduo, por que não devemos nos curvar para DEUS TODO-PODEROSO? Quando nos apontam uma arma, nos prostramos diante da pessoa implorando sua misericórdia. Então por que não devemos nos prostrar para o DEUS TODO-PODEROSO QUE É capaz de provocar nossa morte e capaz de colocar nossas almas no Inferno? 

Percebi que o Islã é uma religião que conclama à adoração a DEUS com grande respeito por meio de orações sinceras, fé sólida e crença profunda. 

Outra razão pela qual abracei o Islã foi a vida do profeta Muhammad (que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele).  Estava maravilhado em ver como os muçulmanos cuidavam bem de seu profeta (que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele) até o último suspiro, como o profeta lutou pela UNICIDADE DE DEUS e o empenho do muçulmano em propagar a mensagem de Deus.

Essa é a essência do Islã. Acreditamos firmemente na UNICIDADE DE DEUS e respeitamos o mensageiro de DEUS: o profeta Muhammad (que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele). 

Agora, como muçulmano, minhas ações são mais refinadas.  Temo mais a DEUS e estou mais consciente DELE.  Sempre lembro de DEUS ao orar regularmente, lembro DELE em tudo que faço por meio de súplicas e lembro DELE ao me arrepender quando cometo pecados.  Todas essas são mudanças agradáveis da minha vida.  Aprecio minha religião e estou muito feliz por ter abraçado o Islã como minha nova religião.  Estou muito feliz que agora sou legalmente convertido ao Islã aqui nas Filipinas e uso meu nome islâmico Afraz Saleem C. Bedico. Agradeço ao operador do site Samy por me ajudar a pronunciar a shahadah (testemunho de fé), agradeço ao operador do site Tariq por responder minhas perguntas durante as sessões de bate-papo e agradeço ao www.Islamreligion.com por ser um guia para aqueles que não conhecem o caminho correto.

ALHAMDULILLAH (Todos os louvores e agradecimentos são devidos a Deus) por me guiar para o caminho correto. 

Adicione um comentário

Outros Artigos na Mesma Categoria

Mais visualizados

DAILY
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
TOTAL
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Favorito del editor

Listar Artigos

Desde sua última visita
Esta lista no momento está vazia.
Todos por data
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Mais Populares

Melhores classificados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais enviados por email
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais impressos
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
Mais comentados
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)
(Leia mais...)

Seus Favoritos

Sua lista de favoritos está vazia.  Você pode adicionar artigos a esta lista usando as ferramentas do artigo.

Sua História

Sua história está vazia.

View Desktop Version